segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Como eu amo esta vida

Já fui cântico oculto
melodia tão triste
me fui vale de lágrimas
não me dei ao valor
subjuguei meu penhor,

pois me vi no espelho
ofuscado reflexo
algo assim tão sem nexo.

...E desfiz da imagem
que é a imagem de Deus
eu perdi meu reflexo
e o brilho no olhar
chafurdei-me em minhas mágoas
me fui vale de lágrimas.

Mas a noite se foi!...
um novo dia raiou
é chegado a primavera
e minh’alma espera
pra eu brincar no jardim.

Hoje sou novo cântico
ao ouvir doce cântico
de uma voz tão suave
que tão meiga tão mansa
esta voz não se cansa
e me leva além!...

Me acalma e me diz:
- Você há de vencer!...
Não te criei pra sofrer,
pra sofrer e chorar!...

E em meio ao meu encanto
eu entôo outro cântico
e um sorriso me esvai
qual criança ele vai
tal criança ele sai
vai brincar com minh’alma .

...É um sonho a minha vida
que hoje tanto eu anelo
Óh! Meu Deus como a quero
e me vejo tão belo
jóia rara de Deus.

Aprendi a me amar
esqueci todo passado
hoje sou o presente
que me ruma ao futuro

pois saí dos escombros
descobri que há vida
como eu amo esta vida!

Vale a pena viver!...

                                  Diante Do Trono Ao Vivo

                                        Eu nasci de novo 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só queria uma chance. [ Ao ouvir Roberto Carlos - Estou aqui! ]

No cartaz estava escrito. GRANDE CURA PARA O MAU. Dizia que o Senhor é a solução… ***********   Eu vim aqui Senhor!… ...