domingo, 23 de setembro de 2012

Teóricos sectários abstratos

A grande verdade é o que o maior valor é o próprio coração do homem cuja beleza jamais deveria se esvair, e se esta se esvai, na maioria das vezes é porque ele nunca foi verdadeiramente um homem digno.

Não se avalia um ser humano pela sua força, riqueza, beleza ou sabedoria, mas sim pelo seu caráter pela sua dignidade.

Sei que tudo isto é muito óbvio, mas obviamente é sabido que vivemos em um mundo puramente materialista humanista e pragmático, o que leva a deturpar os verdadeiros valores subjetivos que deveriam pautar a nossa sociedade.

E a sociedade converteu-se em uma pseudo e psicodélica consciência coletiva que germina filosofias relativistas e cada qual defende as suas idéias pouco se importando se as mesmas destoam de um paradigma cônscio e idôneo.
  
Não podemos mudar o mundo, mas resta-nos a utopia de tentar fazê-lo, o que é uma tarefa árdua já que existe uma linha bastante tênue e quantos obstinados aprofundaram-se por demais nos seus direitos e ainda que tivesse algum direito!

Se perderam em um fundamentalismo exacerbado o que conturbou seus idéias e hoje não passam de teóricos sectários abstratos que implodem com seu subjetivismo, ainda que muitos literalmente avassalam matando a muitos quando explodem-se se auto destroçando em nome de suas idéias destroçadas...

Voltando ao coração:

Deus não vê o homem, ele Vê corações e com eles os seus reais valores...

O que trazes dentro de si?...





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa-me caminhar...

Um homem caminha lentamente sob um olhar cuidadoso são eternos e ternos olhos amorosos contemplam a sua longa caminhada... El...