terça-feira, 6 de novembro de 2012

O Jardim dos segregados



Eu vivo a minha própria festa
e bailo em meio as minhas próprias flores
ainda que elas não exalem o perfume para os outros
que não sabem da sua deslumbrante  beleza !...

Então eu olhei por  de fora do muro
e vi pessoas riquíssimas
nas mansões luxuosas
aonde havia tanta ostentação!

...Ao longe tocava a mais linda canção
meu Deus tocava a minha canção!

Pelo menos tínhamos algo em comum,
então cantei esta mesma canção
que alentava a tantos corações...

E eu...

Saí feliz dançando e cantando na chuva
não me importa se não me deixaram entrar,
pois a canção não saiu do meu coração
e nem o perfume das flores
do meu lindo jardim abstrato
o jardim dos segregados...



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só queria uma chance. [ Ao ouvir Roberto Carlos - Estou aqui! ]

No cartaz estava escrito. GRANDE CURA PARA O MAU. Dizia que o Senhor é a solução… ***********   Eu vim aqui Senhor!… ...