sexta-feira, 1 de março de 2013

Abstrato como o paradoxo




Aquele que não crê em Deus!

Desconhece o sentido básico da vida
desconhece o sentido básico da essência
desconhece o sentido básico da evidencia.

Não entende o principio básico da consciência
não entende o principio básico da esperança
não entende o principio básico da certeza
não entende o principio básico do amor.

Aquele que não ama a Deus!

Vive a vida de forma perecível
vive a vida enclausurada no momento
vive o hoje desconexo do amanhã.

Aquele que não busca a Deus!

É tão vulnerável como o vulto
fugaz como sua voz
abstrato como o paradoxo
daquele que o ama por isto entende e crê.



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira 
que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serás sempre mulher! [Uma resposta a Avon]

A semente que gera. És feminina és doce és bela! suave como a pétala de uma flor tão sublime és princesa e não importa sua ra...