sábado, 9 de março de 2013

Salmo 24



















Lentamente o seu coração voltava a bater
e em um profundo suspiro aliviado
após terríveis momentos de dor e de horror
um discreto sorriso de uma conquista
no peito a chaga que saiu sangue e doeu.

E aquele que morreu,
de novo reviveu
ressuscitou para os seus.

Assentado sobre a fria pedra do sepulcro
jazia nosso Deus triunfante
tão sublime elegante
contemplativo pensante
antes da pedra se mover para então ele sair...

Seu olhar penetrante tão distante
olhava o novo caminho que abriu
de novo ao lembrar
discretamente sorriu
o ardente desejo em ver o Pai
Aba-Pai!...
E o Pai apertava as mãos ansioso
estava voltando para o seu lugar
pra ficar sempre ao lado
o Pai e o filho amado.

Até que outro soberano Ser
pudesse também voltar
pois em breve iria descer
aqui então viver
com todo seu amor envolver...

e os três tão concêntricos
com a mesma essência
com a mesma clemência
propiciando a indulgência...

...E a luz para nós sei brilhou
o dono da vida a morte venceu
quando humilhado na cruz ele morreu
e agora voltava para o céu
depois de rasgado o véu

e os anjos no céu
prostraram-se adorando-o
e anjo por anjo
um a um se curvando
seu nome bradando
ao vê-lo a subir.


[levantai, ó portas, as vossas cabeças;
levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o rei da glória.
Quem é este rei da glória? O Senhor forte e poderoso,
o Senhor poderoso na guerra.
Levantai, ó portas, as vossas cabeças,
levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o rei da glória.
Quem é este rei da glória?
O Senhor dos exércitos, ele é o rei da glória.]

Assentado a direita
ó doce majestade
e os portais da existência
a sua gloria invade.



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...