segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Analogias pragmáticas

Eu vejo tantos seminários
sempre bem elaborados
tornam  prole de missionários
que aprendem e cegamente
tão subservientemente
cauterizaram suas mentes
e agora iminentes
formam os mais insipientes.

Aonde tantos ismos
arrastando para o abismo
com tão torpe fisiologismo
favorecem o humanismo
ecumenismo sincretismo
de maneira pragmática.

Como é o horrível o pragmatismo
onde os fins justificam o meio
e o meio em que vivo
meio atônito e perplexo,
sou culpado eu confesso
conivente com o processo,

pois há tanta heresia
tão pseudo filosofia
pra justificar um avivamento
que não passa de um tormento
deturpada massificação
oriunda de uma confissão
tudo em nome de uma religião
tão volúvel e volátil.

Vejo a emancipação
que insufla a ignorância
mas não molda um cristão.

Torpes tolos comportamentos
pirotécnicos movimentos
tudo em nome de Jesus
mas que não leva para cruz.

Mas  dirime toda graça
e eu me vejo tão sem graça
quando vejo a desgraça
de uma nação sem ter a luz
pois as luzes que ofuscam
não refletem mais Jesus.

Não prega a renuncia
a mais sincera resipiscência
pois se torna uma insolência
confrontar os nossos erros
no processo do perdão.

Seminários são criados
missionários são forjados
mas chamados equivocados
ministérios conturbados
onde Deus fica de lado.

traz tão  tola teologia
cheia de encanto e magia
mas sem a teofânica hegemonia
que se mescla com a liturgia
e o poder das escrituras.

Sei que um povo está surgindo
como tolos sucumbindo
as escorias de ensinos
preconizados pelos mestres
de uma igreja tão terrena
que blasfema contra Deus

quando o aludem suas palavras
a tantas formas tão heréticas
pois convertem o evangelho
num processo humanista
pragmático ativista,

mas omitem a verdade
e a verdade é só a cruz
de Jesus com sua dor
se entregou por tanto amor!

e ao olharmos para cruz
nela ver graça e luz
e o repudio a nós mesmo
e todo mal que já fizemos.

aceitar a condição
que pra sermos mais cristãos
temos que diminuir
para então Jesus crescer
na verdade temos que morrer
e só assim Jesus nascer
e com abundancia então viver
dentro de nossos corações.




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...