quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

O verdadeiro homem





















O verdadeiro homem,
não se manifesta apenas nos momentos das vitórias
mas o verdadeiro homem
se dignifica nos momentos de inglória
é homem o suficiente para reconhecer os seus erros
é homem o suficiente parar chorar.

O verdadeiro homem ,
converte a sua dor em amor
e a sua força se manifesta apenas em um músculo
se é que o coração verdadeiramente
assim possa ser chamado.

O verdadeiro homem,
conjuga o verbo amor
na mesma conjunção do perdão
e faz da solidariedade
a sua real identidade.

Está sempre disposto a recomeçar
por mais difícil que o seja
por mais fragilizado que o esteja
ainda encontra animo para sonho
e faz do seu sonho a sua luta
e na sua labuta
torna-se exemplo para os que são seus!...

Não se ente melhor do que os outros
mas faz de si a força máxima
para ser o melhor para os outros.

Não importa se os outros,
menospreza o seu potencial,
pois o seu potencial
aparentemente impotente
silenciosamente é útil,
é útil a tanta gente.

E a gente,
mesmo estando tão indiferente
fingindo não entender ou perceber
ignoramos em nosso convívio
que existe um digno ser.

O verdadeiro homem,
pode ser eu,
pode ser você
basta apenas acreditarmos
acreditando idealizar
aquilo que nos tornará
o verdadeiro homem.





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cães ladram, mas a carruagem passa.

Existe uma enorme influencia advinda de filosofias progressistas que deturpam de forma profunda o conceito familiar, eu sei que é impor...