quinta-feira, 13 de março de 2014

Brincadeira de criança

















Marcha soldado cabeça de papel
se não marchar direito
vai preso pro quartel…


Éh! Lembro-me desta cantiga de roda
de quando eu criança
e cantava tão cheio de esperança…

Na simplicidade de moleque de favela
meus Deus como a vida era tão bela!

Mas o tempo foi passando e eu fui
crescendo
das coisas da vida fui entendendo
e de ser criança fui-me esquecendo
até que o juízo me faltou
e sem juízo agi infantilmente
como criança
só que sem inocência e sem esperança…

Foi necessário ver em Jesus
o sinal dos cravos e da cruz
e desde então venho crucificando
o meu ego
para tentar viver como aquela criança
e reavivar a minha esperança.

Mas as vezes eu esqueço
ignoro a humildade
tento fazer valer a minha realidade
que nem sempre condiz com a verdade
na verdade,

É que a vida passa
e eu um tanto sem graça
tento concertar o que errei
quando bastaria apenas ser sensível
e ouvir mais a voz de Deus.
DEUS.

A minha certeza
autenticação da minha vida
por isto vou continuar…
eu sei que chegarei lá!







 Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna.-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cães ladram, mas a carruagem passa.

Existe uma enorme influencia advinda de filosofias progressistas que deturpam de forma profunda o conceito familiar, eu sei que é impor...