quarta-feira, 2 de julho de 2014

O amor não é para nós mesmos

















Amor é algo tão sublime que deveria ser pronunciado apenas por aqueles que verdadeiramente, amam!

Muito mais do que um simples sentimento, o amor trás em sua essência a sublime flagrância, inefável sensação de reverberar a existência de se deslumbrar com a própria excelência de amar!

O amor não é para nós mesmos, mas nós mesmos quando envolvidos com tão sublime magnitude vivenciamos a superlativa e redundante supremacia de sermos seres humanos.

E ainda que num platonismo sutil é sempre mais feliz quem mais amou ,pois amar e reconhecer que somos a imagem e semelhança de Deus.







Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O amor é a base para ser o que o somos. [Ao ouvir REM- Everybody Hurts]

                            A vida me ensinou que não adianta desejar algo que nunca será nosso. ...