sábado, 9 de agosto de 2014

Corações avassalados.

[SÍNDROME DAS DROGAS]

Divulgue esta ideia...
www.ditora barauna.com.br










Castelo de areia

Eu fiz um castelo tão lindo
mas a onda veio e o levou!...
Era um castelo de ilusões
cujo sonho acabou.

Eu quis irar-me com o mar
ao ver a onda o levar
eram pequenas minhas lágrimas
diante da imensidão deste mar.

A vida é como o mar
às vezes tão calma
e vai sossegada
flutuando vai alma,

às vezes é bravia
outrora fugidia
às vezes é tão triste
sem nenhuma alegria,

mas ela sempre foi vida
vale mais do que um castelo
vale mais do que um sonho
viver é tão belo.

E a dor que me invade
quer no peito arder
amanhã vai passar
deixarei de sofrer.

Sou mais sublime que a dor
eu sou da essência do amor
e o amor é tão forte
bem mais forte que a morte

e quem tem esta sorte
que valoriza o seu coração
ele ainda que chore
sofra por uma ingratidão

é maior que angústia
pois se torna a esperança
de quem perdeu sua fé
e hoje morre aos poucos

pois se acha infeliz
e se esquece de quê
traz em si o dom maior
pulsa em seu peito a vida.

Ela mais que um castelo
muito mais que um sonho
e se o sonho se foi
sei que a vida ficou

e ficou pra sonhar
vale a pena esperar
para ver o sol nascer
amanhã é outro dia!...

Vale a pena viver!

pois a vida é um vinho
de inigualável sabor
e quanto mais for maduro
mais saboroso é o teor

pois assim é o amor
que envelhece dentro da gente
somos recipientes
de tão nobre teor.

O teor do amor.

...Mas o vinho melhor
derramou-se da cruz
ele encharca nossa alma
este vinho é Jesus.

Quem beber desta luz
suportará sua cruz
vencerá toda dor
vai vencer com o amor

e depois da vitória
saberá que sua história
vale mais que um castelo
um castelo de areia...


Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...