terça-feira, 23 de setembro de 2014

A comedia da minha própria vida.

















Houve um tempo em que eu acreditei que a aparência contava,
mas ao ver que a minha aparência não contava tanto assim!

Resolvi investir nas minhas habilidades
empolguei-me com os meus talentos,
é verdade!

Até perceber que toda capacidade que eu possuía
apenas iludia a mim mesmo
e eu embriagado no meu egocentrismo
percebi que meu mundinho
era apenas do tamanho do meu próprio umbigo.

E vi do lado de fora da janela
do meu quarto esquartejado
belos rostos e sorrisos espalhados
onde eu tão isolado,
representava a comedia da minha própria vida
na piada mais sem graça que já contei  a mim mesmo.

Sem a beleza que eu imaginava ter
e o vandalismo das minhas habilidades
que na verdade eram tão estéreis.

Me vi em um terrível abismo lúgubre e cinzento
cheio de dor e de lamento
em tão angustiante tormento.

...Foi então que descobri que a vida é muito mais que isto
do que todas estas tolas efemeridades
que nos ludibriam em nossa imaturidade,
na verdade...

Hoje sou a beleza das minhas atitudes
a magnificência do meu exemplo de ser
e de viver
Eu sou a vida que estava embutida
eu sou luz
eu sigo a Jesus!

Mas para isto eu tive que negar a mim mesmo
tive que carregar a minha cruz. 

O tolo se perde no dolo do ouro 
enquanto se encanta com o dolo 
do dolo que o ouro lhe pode trazer.




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...