quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

A vida de Paulo.






Saulo! Saulo!

Porque me persegues?!

Não sabes que há de viver
vivendo pensando em morrer
morrendo querendo viver
 a vida que cristo embutiu em você!

A vida eterna que eterna em ti jaz
nas palavras que nos eternizam
fazendo morrer a nós mesmos,
enquanto Jesus vive em nós!...

Que tuas palavras nos matem
para em Cristo vivermos
a vida que dEle,
que passou por você
possa viver em mim pra que eu possa viver
para viver a entender
aquilo que um dia o fizeste morrer.

Perdestes a vida, enquanto vivias
vivias um sonho e morreu sempre a crer
que havia um sonho sublime a viver.

...E  as suas ideias ,
sobrepujou gerações
transcendeu as nações
e tão digna doutrina
que ainda  hoje se ensina
e mesmo que muitos
no ardil a deturparam
sei que mesmo depois de morto
tu  te tornas de Deus emissário.

E aquele que o ouve
a voz que de Deus
que fluiu de você
ecoou pelos ares
por séculos e séculos
e veio a mim
para eu reviver
a morte que um dia
foi vida em você.

Já não vivo mais
Hoje eu vivo a crer
que Jesus vive em mim
pois a vida de Paulo
que um dia foi Saulo

sou Saulo que aos poucos
sonho em ser como Paulo
até que um dia o meu viver seja cristo
e o meu lucro seja  morrer





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na fornalha da esperança,

De forma redundante sempre afirmo que os diamantes são raros de valores tão caros, mas que de nada valem para quem não lhes sabe dar o ...