sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Baú de histórias.




Sou como um enorme baú cheio de historias a serem contadas, que a espera de alguém que possa abrir este baú e compartilhar de tudo aquilo que trago comigo.

Em cada historia uma lágrima ou um sorriso mas acima de tudo um novo mundo que se descortina chamando para sonhar comigo viver os mesmos sonhos que vivenciei subjetivamente ...







Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lamento da Venezuela.

A dor de um filho sem pátria ao ver uma pátria fora dos trilhos faz lembrar-me de Gonsalves Dias e sua canção do exilio. Fa...