sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

O caçador de esmeraldas.

 Nos relatos da historia do Brasil, conta-se uma que eu guardei no fundo de meu coração...

A historia de Borba Gato.

Bandeirante pioneiro que desbravava as entranhas de Minas Gerais em busca de seu sonho que tinha o brilho das esmeraldas em que pelo qual abdicou da própria vida dando a este sonho total valor a ponto de que em sua morte, despedir-se feliz acreditando ter alcançado o seu objetivo.

Não viveu o suficiente para saber que estava equivocado...

Agora Senhor!
Despede-se o teu servo em paz, segundo a sua palavra, pois os meus olhos já viram a salvação, “Luc. 2: 29 – 30”.

Simão um homem justo que aguardava a consolação de Israel trazia em seu coração a incansável esperança que contemplaria toda glória de Deus encarnada sob a forma humana, até que já avançado em idade, pode ver a salvação da humanidade na metafórica e frágil estrutura de uma criança chamada Jesus Cristo.
***
...Fui um homem que desde a minha infância, sempre sonhei muito e nunca vi os meus sonhos realizados, muito pelo contrario,  os vi desvanecer um a um!
E morria lentamente com estes sonhos ao vê-los converter-se em frustrações desilusões...

Quando me converti a Jesus Cristo, recebi e percebi a graça imerecida da salvação, moldando-se então um novo sonho.

 O mais sublime e digno sonho de converter-me em seu atalaia anunciando as boas novas, revivendo os sublimes valores cuja dor do parto foi no gólgota.

Mas se eu morresse como foi o caso de Borba Gato, também como ele eu iria tranquilo e feliz, mesmo que não realizasse este sonho tão sublime que sobrepujou a todos outros sonhos que já tive em minha vida.

Tal como Simeão eu contemplei a minha própria salvação, o sonho que eu sempre ignorei me veio através de uma infinita misericórdia que nunca fiz por merecer, e afirmo:

Todo homem tem todo direito e o dever de sonhar! Por este sonho lutar!

Mas tudo o que ele precisa já obteve de graça, é só tomar posse.

A vida de Deus doada por Jesus Cristo, gerada pelo Espírito Santo.






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...