Pular para o conteúdo principal

O caçador de esmeraldas.

 Nos relatos da historia do Brasil, conta-se uma que eu guardei no fundo de meu coração...

A historia de Borba Gato.

Bandeirante pioneiro que desbravava as entranhas de Minas Gerais em busca de seu sonho que tinha o brilho das esmeraldas em que pelo qual abdicou da própria vida dando a este sonho total valor a ponto de que em sua morte, despedir-se feliz acreditando ter alcançado o seu objetivo.

Não viveu o suficiente para saber que estava equivocado...

Agora Senhor!
Despede-se o teu servo em paz, segundo a sua palavra, pois os meus olhos já viram a salvação, “Luc. 2: 29 – 30”.

Simão um homem justo que aguardava a consolação de Israel trazia em seu coração a incansável esperança que contemplaria toda glória de Deus encarnada sob a forma humana, até que já avançado em idade, pode ver a salvação da humanidade na metafórica e frágil estrutura de uma criança chamada Jesus Cristo.
***
...Fui um homem que desde a minha infância, sempre sonhei muito e nunca vi os meus sonhos realizados, muito pelo contrario,  os vi desvanecer um a um!
E morria lentamente com estes sonhos ao vê-los converter-se em frustrações desilusões...

Quando me converti a Jesus Cristo, recebi e percebi a graça imerecida da salvação, moldando-se então um novo sonho.

 O mais sublime e digno sonho de converter-me em seu atalaia anunciando as boas novas, revivendo os sublimes valores cuja dor do parto foi no gólgota.

Mas se eu morresse como foi o caso de Borba Gato, também como ele eu iria tranquilo e feliz, mesmo que não realizasse este sonho tão sublime que sobrepujou a todos outros sonhos que já tive em minha vida.

Tal como Simeão eu contemplei a minha própria salvação, o sonho que eu sempre ignorei me veio através de uma infinita misericórdia que nunca fiz por merecer, e afirmo:

Todo homem tem todo direito e o dever de sonhar! Por este sonho lutar!

Mas tudo o que ele precisa já obteve de graça, é só tomar posse.

A vida de Deus doada por Jesus Cristo, gerada pelo Espírito Santo.






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ansiedade.

Ansiedade é antecipar fatos que ainda não aconteceram, é a premonição hipoteca de algo virtual que habita apenas no campo da imaginação, e por esta causa faz com que o sofrimento seja por antecipação.
Ela deixa de ser benéfica quando a desesperadamente esperamos algo de bom, já que acaba gerando a angustia que culmina no mais terrível conflito de alma.
Pior ainda é quando o tormento de algo que nem aconteceu nos assombra nos deixando sofrer de forma tão precoce como se tudo estive se passando em tempo real, quando poderíamos nos antecipar a tão supostos sofrimentos pedindo a Deus força para lutar contra os mesmos, ou resignação para suporta-los caso os mesmo venham se evidenciar.
Por isto a ansiedade nunca foi benéfica para ninguém e quantas vezes os efeitos psicossomáticos redundam em terríveis malefícios sejam orgânicos ou não.
Porque é tão difícil assim confiar em Deus, porque que na angustia nós bloqueamos  o sentimento de lucidez ignorando que Deus tem o final da nossa historia em su…

Mulher tu és especial!

És tão sublime e trazes essência que te torna especial!
A mais bela entre as flores que exala o perfume do amor e o amor para a vida.
A razão para viver Mulher! Que faz bater forte um coração que suspira enquanto sonha e sonha enquanto pulsa e no eu pulsar solidão expulsa.
És de Deus a criação mais bela sim! Mulher tu és especial! Um sonho tão bom! Que faz bem ao coração pois Deus depois que tudo fez!... Quis fazer ainda melhor!
...E foi assim que você nasceu!

Trazendo suave fragrância da mais sublime essência, és tu ó mulher! De Deus a excelência
De deslumbrante beleza sensível como uma flor tão doce como mel na terra uma parte do céu!...

Sonhe! Obstinadamente sonhe ...

Lembranças alegres são como lindas flores que murcharam em nossos jardins enquanto as lembranças tristes são como pás que desenterram sepulturas fétidas que chafurdam no recôndito de nossas almas.
A vida é como um rio que segue lentamente o seu curso e o que passou jamais voltará e o tempo que já vivemos serão apenas lembranças tristes ou alegres, e ainda que sejam alegres vem com a nostálgica influencia das tristezas por não podermos mais vivenciar algo que ficou no passado.
Viver é a coisa mais sublime que existe, e ainda que estejamos tristes, devemos colocar o prazer supremo de viver acima de nossas momentâneas tribulações, pois a vida passa e só restaram lembranças que nunca é bom relembrá-las...
Viva intensamente para que não haja tempo de voltar ao passado ainda que este passado um dia tenha lhe propiciado algo de bom.
Sonhe! Obstinadamente sonhe como um futuro que te traga felicidade, mesmo que pareça ser apenas uma utopia, sonhe com a alegria, ainda que pareça viver no mundo da f…