quarta-feira, 6 de abril de 2016

O sonho de Martin Luther King.



EU TENHO UM SONHO.

E não é apenas uma utopia
com a aparência tão vazia,
pois sonho que o vermelho e o amarelo 
o negro e o branco
cantem em uma só voz 
o mesmo cântico.

Que se acabe todo o preconceito
e todos tenham o mesmo direito
de ver dissipado este defeito.

E a cor que cobre a minha pele
não seja um terrível estigma,
e a cor que cobre a tua pele
não seja o seu juízo.

Que não me olhem com a indiferença
como se a minha cor fosse uma doença
gerando o ódio a descrença
tornando incomoda a minha presença.

Eu tenho um sonho,
que no coração de Luther King nasceu
e por causa deste sonho ele morreu
mas o sonho com ele não pereceu,

pois tenho a prazer de ser negro
e como negro sonhar!...

Que a cor que cobre a minha pele
que faz ser que eu o sou
pois eu sou humano,

de uma raça tão nobre
e a cor que me cobre
é que me faz ser tão rico
e o preconceito tão pobre.




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só queria uma chance. [ Ao ouvir Roberto Carlos - Estou aqui! ]

No cartaz estava escrito. GRANDE CURA PARA O MAU. Dizia que o Senhor é a solução… ***********   Eu vim aqui Senhor!… ...