terça-feira, 11 de abril de 2017

A Crise dos quarenta, a idade do lobo.

Eu resolvi abater dez anos dos meus cinquenta, já que na crise dos meus quarenta sobrevivi vegetando angustiado como se eu tivesse sessenta.

E com isto a idade do lobo tida como a idade da razão converteu-se na crise dos quarenta por causa da minha autocomiseração.
Eu confesso que acabei perdendo a razão.

Apesar de não ser muito bom em matemática encontrei a solução para esta temática nesta crise tão emblemática.

Dirimi esta cadeia abstrata, tão negativa sensação, e como isto fez tão bem ao meu coração!

Situação resolvida batalha vencida eu cheio de vida!
Tive uma nova recaída!...

Comecei a pensar no tempo perdido meus quarenta anos idos, já que tanto tempo sofrido chafurdei-me na crise e fiquei exaurido.

Por causa disto quase de novo entro em crise, seria a crise pós quarenta, é crise demais assim ninguém aguenta!

...E para fugir desta nova crise psicossomática retrocedi ainda dez anos a mais do que antes, indo aos trinta me vi retroativo cinquentão com a alma balzaquiana.

Então tudo voltou de novo ao normal, mas vieram velhos inquisidores com sua filosofia sazonal afirmando que eu não era normal.

E acatei seu julgamento e para o meu maior lamento olhei-me no espelho tão cheio de rugas por causa de tão infeliz conselho, e assim se esvaia a minha alegria cedendo lugar para a taquicardia artrite artrose, esquizofrenia.

Foi tão forte a minha disfunção que pensei até em comprar um funesto caixão, e andava cabisbaixo só olhava para o chão...
Só vivia a chorar esperando a morte chegar.

Mas um dia assentando no banco de uma bucólica praça, levantei os meus olhos um tanto sem graça vislumbrei a felicidade deslumbrante estampada na viçosa e reverberante brincadeira de crianças.

Então eu retrocedi ainda mais na minha cronologia, tornou-se lúdica a minha filosofia de vida e eu fui jogar bola com os meninos e a minha alma se fez matutina como o badalar de um sino anunciando o romper da aurora!...







Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rede Globo, cura gay, transgêneros e outros...

Tudo agora vai mudar com a ajuda desta lei foi o juiz quem liberou esta tal de cura gay! Se você conhece alguém que não sabe ...