sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Saudades de meu amado pai! [Ao ouvir Roberto Carlos]



Já não está mais aqui comigo
aquele que por muitas vezes
serviu-me de segurança,
aquele que foi o meu abrigo
que me protegia no perigo!...

Saudades de meu amado pai!
Meu verdadeiro amigo.

A saudades que me mata
Ô saudades que maltrata!

E a vida se torna tão ingrata
fazendo uma lágrima fluir
e tão triste a chorar
sem poder mais abraçar

sentir seus braços a me envolver
pois ele se foi para sempre
deixando-me a sofrer

deixando-me tão triste
sem poder compreender
ó meu Deus do céu!
Porque temos que morrer?!

A quem perdeu seu pai
e sente tanta falta
um vazio no coração
a dor da separação
e não acha a solução
para tristeza e a aflição!

...Deixe o amor de Deus
encher seu coração
pois sei que ele é o balsamo
o alivio da aflição.

Sei que não podes vê-lo
tal qual não vê seu pai
mas você pode senti-lo
e tornar-se até capaz
de suspirar em paz!

Quão doce é seu amor
que emana em nossos corações
um sentimento paradoxal
que extirpa todo mal
só ele é capaz
de te trazer a paz
que o tempo te roubou
quando levou seu pai
que sei que agora está
diante do bom Deus
para onde nós iremos!...





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serás sempre mulher! [Uma resposta a Avon]

A semente que gera. És feminina és doce és bela! suave como a pétala de uma flor tão sublime és princesa e não importa sua ra...