segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Chorar faz bem ao coração.




Chorar não faz bem para a saúde
quando o faz amiúde
as lágrimas são tal como um açude
e a alma então se inunde.

Quando a vida vira um pântano
eterno e terrível engano
e a angustia de modo insano
causa ao coração grande dano.

Chorar faz bem ao coração,
quando traz a aliviante sensação
desopila a alma em emoção
quando se dá ou se pede o perdão

quando saudade aperta
de alguém que se foi deixando a alma deserta
as lágrimas encharca e conserta
estanca a ferida aberta.

Há quem chore de tanta tristeza
acredite tenha toda certeza
a vida ainda é uma beleza
de tão maravilhosa grandeza

esboce um sorriso
e cante uma canção
que fale de alegria
faz bem para o coração!



Há quem chore de alegria
ao ver a conquista e em euforia
então quem chorava sorria
enquanto sorria dizia

obrigado  meu Deus !







O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

sábado, 9 de dezembro de 2017

Aquele que não ama a Deus!





Aquele que não crê em Deus!

Desconhece o sentido básico da vida
desconhece o sentido básico da essência
desconhece o sentido básico da evidencia.

Não entende o princípio básico da consciência
não entende o princípio básico da esperança
não entende o princípio básico da certeza
não entende o princípio básico do amor.

Aquele que não ama a Deus!

Vive a vida de forma perecível
vive a vida enclausurada no momento
vive o hoje desconexo do amanhã.

Aquele que não busca a Deus!

É tão vulnerável como o vulto
fugaz como sua voz
abstrato como o paradoxo
daquele que o ama por isto entende e crê.





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Jerusalém.



Ah! Jerusalém! ...

É muito mais do que um nome
vai muito além de uma simples cidade
Jerusalém é o hiato
entre o homem Deus e a eternidade.

Nunca foi terra de mulçumanos
sempre foi análoga aos judeus
Jerusalém com toda certeza
é a menina dos olhos de Deus!

Existem países tão poderosos
que dominam sobre os demais
se julgam os donos do mundo
são apenas governos temporais! ...

Ah! Jerusalém! ...

Terra que matou seus profetas
crucificou a Jesus
a menina dos olhos de Deus
porém rejeitou toda luz!

Mas sempre será o que foi e o que É
a terra que um dia meu Deus
entregou sua vida só por amor
por amor ele veio para os seus,

mas os seus não o aceitaram
negaram a graça e a salvação
agora Jerusalém sei sou eu
pois tive de Deus o perdão









Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Juventude transviada.




Estamos criando nossos próprios Frankenstein
na pior e mais destrutiva receita
nesta sociedade tão afeita
que pós-moderna a tudo aceita.

 Nos valendo da bela democracia
cujo não há regime mais idôneo
mas insuflaram-na a anarquia
e fizeram da geração y
a geração da rebeldia.

Nossos jovens pragmáticos
tornaram-se por demais egocêntricos
nossos pais sei tão omissos
tornaram-se  negligentes ao compromisso

de uma tão salutar disciplina
por causa de uma filosofia que recrimina
uma educação mais condizente
que forma o caráter de gente
e a gente!

Neste terrível paradoxal progressismo
que abriu precedentes para o abismo
dando toda a liberdade
que na verdade
nossos filhos não nasceram prontos
neófitos não estão aptos
para usufrui-la.

Escancaram as portas
e deram-lhe enormes asas
e eles voaram além de seus limites

tornando-se feras indomáveis
dominadas pela própria rebeldia
que vai aos poucos roubando
o que há de mais sublime
a tão sazonal juventude...

O que será das novas gerações?!







Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Parafraseando Voltaire.




Existe uma linha tênue ao que se relaciona às questões teológicas que muitas vezes se divergem de questões filosóficas...
...E muitas vezes o que filosoficamente se adéqua, teologicamente se segrega, ou vice e versa.

Na verdade são princípios que devemos acima de tudo sabermos separar e respeitar polarizando a velha máxima de um celebre pensador que ironicamente era um agnóstico.

Voltaire, ainda que antagônico ao conceito institucional eclesiástico não deixou de corroborar com suas partículas de sabedoria a qual rotulo de partículas de luz.

Na verdade todos nós trazemos inserido em nossa essência a nossa partícula de luz ainda que infelizmente homens como Hitler, Judas Iscariortes,  permitiram que a deturpada e conturbada filosofia de vida exaurisse toda luz que brilhou na sua infância.
 Mahatma Gandhi, Chico Xavier, Siddhartha Gautama, John Wesley e tantos outros nos transmitiram suas partículas de luz, fossem elas filosóficas teológicas ou ideológicas...

Eu tenho um profundo respeito a quem professa a sua religião exercita a sua fé ainda que esta, se divirja dos meus princípios.
E ainda que eu priorize questões teológicas desde que não entre para um fundamentalismo exacerbado, posso conviver pacificamente respeitando e sendo respeitado.

O que parece ser uma utopia por causa da nossa heterogenia falibilidade humana...

Portanto, parafraseando Voltaire.
  

"Posso não concordar com nenhuma das suas palavras mas defenderei o seu direito de dizê-las até a morte."


Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

A arte de viver!




Existem pessoas que aparentemente nada fazem por nada lutam, mas na verdade intimamente já encontraram a sua pedra filosofal...

Estas, trazem intrínseco o equilíbrio a consciência de que a harmonia é mais valiosa do que qualquer atitude precipitada.

É obvio que são questões distintas cada caso é um caso, e na vida há momento para tudo e nem todos os momentos se equivalem.

É imprescindível valorizar a capacidade de meditação antes de qualquer ação, e entre a ação e a meditação é preferível a meditação, sendo ela profícua, colocará o equilíbrio em ação.

A arte de viver se traduz na excelência de saber lidar com as intempéries vida, ter a capacidade de suportar as adversidades, mas para isto é imprescindível que coloque Deus como base de sustentação em que se edifica a filosofia de vida.

A consciência plena e arraigada de que há um ser superior faz com que o homem corrobore intimamente sua estrutura e quanto mais hegemônica for esta consciência,

quanto mais superlativo for este ser superior, quanto mais idôneo forem seus preceitos, maior será a capacidade de sobrepujar as barreiras.

          E dependendo da comunhão estabelecida invariavelmente sobressairemos de forma            salutar, tanto nesta vida como na vida posterior.




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

domingo, 26 de novembro de 2017

A dignidade de ser pobre.



SER POBRE.

Não é mendigar o pão
angustiar-se devido as adversidades
ir a igreja sedento
buscando somente a prosperidade.

Não é ser submisso
humilhado rastejando ao chão
ou viver de pura inveja
ao ver as conquistas do irmão.

Pensar que Deus que é bom
é apenas um ser de luz
e que não existe poder
no nome de Jesus.


não é se curvar a miséria
enfermidade e a dor
é nos momentos mais difíceis
confiar sempre no Senhor.


Ser pobre.

É sinônimo de cristão
cegamente em Deus confiar
deixar os problemas com ele
saber que ele pode ajudar

é fugir da Ganância e ambição
mas ter sempre a esperança
que mesmo não sendo rico
pode se viver em bonança

sem jamais se subjugar
achando-se um pobre coitado
mas trazer toda a certeza
estar em Cristo alicerçado

viver a própria vida
com aquilo que Deus dá
o Senhor é o meu pastor
nada me faltará

é seguir confiante
resoluto em nossas preces
nós podemos todas as coisas
naquele que nos fortalece.



Toda dádiva material por melhor que o seja, com o tempo, cai no ostracismo perdendo desta forma a sua excelência, porém quando se trata de uma dadiva espiritual, esta, jamais perderá a sua excelência, ainda que a mesma venha inserida numa dadiva material!



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...