quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Apenas uma criança que cresceu



Pudera voltarmos ao passado
ao tempo da doce infância
aonde os sonhos eram lúdicos e coloridos
e a vida era um sonho
e sonhava-se com o momento
tão feliz por ser criança,
a gente era a própria esperança,
nossas atitudes eram tão sinceras
não mentíamos a nós mesmos.

Qualquer coisa nos alegrava
e com alma tão alegre
nós pulávamos e brincávamos
esquecidos do amanhã.

O amanhã que veio ontem
nos tornando mais maduros
mesmo assim tão inseguros
com o futuro que nos espera.

Na verdade o que nós somos!
É só um vislumbre do que fomos
pois sei que ainda somos
apenas uma criança que cresceu
e matou a inocência
que havia em nosso olhar.






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa-me caminhar...

Um homem caminha lentamente sob um olhar cuidadoso são eternos e ternos olhos amorosos contemplam a sua longa caminhada... El...