sexta-feira, 14 de junho de 2013

COPAS



















Eu sou brasileiro!...
Com muito orgulho!...
Com muito amor!...

Será que somente em tais momentos,
que a civilidade recrudesce nossas almas?

Será que é somente em tais momentos,
que esquecemos nossas mazelas?

Será que é somente em tais momentos,
que os ladrões os traficantes simplesmente deixarão de existir,
que a nossa política tornou-se um exemplo,
que nossa saúde ficou incólume e nosso trânsito assim tão livre?...

Como eu amo esta nação!
afinal eu sou dela um cidadão
que enche d’água os olhos ao hino
e bate forte o coração.

...Então eu vou volátil a utopia
enquanto pulo grito é gol quanta alegria
isto é o Brasil que a nossa alma contagia.

Esquecemos o submundo
que isto tudo vai passar
que de novo vou voltar
a viver e conviver
com as mazelas da nação.

Sim adoro futebol!
Como todos também quero vibrar
e torcer com emoção
ver o meu Brasil ganhar!

Mas não apenas por momentos
tão efêmeros tão voláteis!...

Quero ver nossas crianças,
crescer com muito mais esperança

quero outra utopia
ver o fim da violência
e sonhar com a transparência
de políticos tão honestos.

Esquecer a epidemia
se nós somos vencedores
porque desta pandemia
esta dengue a avassalar?

Nossos postos de saúdes
atendendo amiúde
sem deixar morrer na fila
nosso povo tão sofrido.

Este povo preterido
só lembrado nas eleições
ou em efêmeros campeonatos
como a copa das confederações!...









Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só queria uma chance. [ Ao ouvir Roberto Carlos - Estou aqui! ]

No cartaz estava escrito. GRANDE CURA PARA O MAU. Dizia que o Senhor é a solução… ***********   Eu vim aqui Senhor!… ...