Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Diga não ao aborto

Holocausto da inocência.
Como uma gota de orvalho
que sutilmente desliza sobre a pétala de uma flor, se não fossemos tão maus veríamos descer de pequenos olhos cheios de amor lágrimas como orvalho em pétala de flor.
...Não pediu para vir ao mundo,
mas dele não queria sair
só queria uma chance para viver de chorar o de sorrir!...
Quem sabe até mesmo sofrer!
Pelo menos ter o direito de escolher.
Batia tão sutilmente um coração tão pequenino.
Só queria vir a este mundo.
Não importa se seria menina ou menino importa que era um coração que jazia dentro daquele ventre que batia dentro daquela vida batia suavemente no fundo só queria ser gente.
Era a vida!
Que mesmo sem nada entender sentia a existência fluir meu Deus só queria ser gente
Meu Deus só queria viver!
Em breve iria nascer em pouco iria brincar a correr serelepe contente a sorrir a cantar e encantar!
Óh! Tão dócil pedaço de gente!
A prole da sublime esperança um sublime corpinho sonhava o sonho sublime de criança.
O mais sublime gesto de Deus esperando o sublime …

Doce Deus amigo

Senhor!


Ajuda-me a servir a ti com amor
que eu nunca queira me ensoberbecer
mas que a minha alma seja sempre humilde
reconhecendo sempre a vossa soberania
e o seu incomensurável amor!


A vida passa tão rápido!
nós somos tão vulneráveis maleáveis
suscetíveis as influencias negativas
mas quando estamos firmados em ti
sabemos que jamais seremos corrompidos.


ajuda-me a fazer o que está proposto
sem ti é impossível prosseguir
e se a sua presença não for comigo,
não me faças subir deste lugar!


Rogo-te que tenha de misericórdia
pois quantos já falharam!
Eu,
todavia quero olhar para frente
para aqueles que venceram,
lembra de mim segundo a tua misericórdia
ela é a razão de eu não ser consumido
doce Deus amigo







O Pão da Vida

Uma canção silenciosa cantada num monte onde em dor uma alma se esvaia pelas chagas de duas mãos e dois pés vazados.
Um coração transpassado, um Deus ferido crucificado, o amor sendo martirizado, alguém que tanto amou que não foi amado.
Um amigo que ao entoar seu cântico derramar seu amor colheu foi espinho para cada flor que plantou! Tão só e sofrido ferido no gôlgota, traído vendido, por todos esquecido por todos abandonado, tanto amou, mas não foi amado.
Que mal ele fez?!
Apenas refez o caminho da esperança o caminho de luz. Sempre foi Deus, mas agora na cruz ele era inimigo ele era Jesus.
...Foi o meu coração que estava ali sofrendo calado tão nu e envergonhado.
Foi o seu coração que estava ali tão sem esperança morrendo aos poucos, para onde nos iríamos, o que de nós seriamos? Mas ele viveu para nós sei morreu e os grilhões da desgraça seu sangue absorveu quando ele verteu não precisava de morte, mas dela morreu para perdão dos nossos pecados foi que ele morreu




Cláudio Claro O pão da vid…

Quero ser seu namorado

Dias melhores virão!...

Mais um ano que se inicia de repente em tão pouco tempo todas as nossas motivações acabam no esquecimento
o que eu lamento muito

pois,
todo dia é um ano novo basta a gente acreditar mesmo que tudo esteja tão difícil e que quem escreve pareça tão tolo um homem sonhador que ainda acredita no amor! alguém cujas palavras parecem tão supérfluas algo tão normal no nosso trivial!
Alguém que acredita que os dias nãos iguais! Que a cada nascer do sol tudo se renova brilha a nova esperança sem as festas emblemáticas que tenta nos impulsionar esta vida esbaldar e nos leva para as festas
que duram até lembramos
que a vida continua tão insossa no cotidiano...
Tenha um feliz e alegre ano indiferente de ele ser novo pois o que há de novo esta em nossos velhos corações que necessita acreditar no sol que brilha a cada manhã e faz esquecermos a dor que passou mesmo que ainda tentamos respirar livres das nossas frustrações...
E num poema sem rima quero arrumar uma esperança neste novo dia que chegou sem os foguetes que estouram mas no silê…