quinta-feira, 16 de junho de 2011

Se eu pudesse eu seria como uma águia


As vezes nos momentos de dor,
se eu pudesse eu seria como a águia.

...E o meu coração voaria bem alto!
E o vento a soprar no meu ser
trazendo o alivio ao viver
secaria as lágrimas desta dor,
da dor que dói dentro da gente,
 e a gente.

Calado tão triste
por fora sorrir
por dentro inexiste
pois por dentro a gente
se sofre e se sente
deprimido e tão só
olhando pra nós mesmos
alienados da multidão
que a gente até acha
 que não tem coração
não vê que a gente está só e sofrendo
por fora sorrindo 
por dentro gemendo...

Cabisbaixo esquecendo
que existe um bom Deus
que com certeza também sente
a dor que fere a gente
pois Deus é amor
 jamais ficará contente
a sentir que a gente
as vezes duvida do seu infinito amor
e o vento tão forte a soprar
a tempestade angustia
terrível a assolar!

Seu pudesse seria uma águia
voaria bem alto.

A cima das nuvens,
e de lá olharia para meus problemas
os veria tão pequenos,
tão ínfimos!...

E tal como a águia
á  olhar para o céu 
veria que o céu é infinito
bem maior do que a tempestade.

Saberia que Deus é maravilhoso
bem maior que o céu
e Ele cuida de nós!...


Nossa'lma é como uma águia presa em nosso corpo que jaz como um viveiro
porém quando adoramos,  ela voa além do Céu e vai a Deus aonde está nossos corações...



Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; 
subirão com asas como águias; correrão, 
e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão.
»ISAÍAS [40: 31]




DIGNO NEGRO MANTO.

Trazia na pele o negro manto sua honra raça vigor e encanto no entanto, tão longe da terra onde o sol ao se por qual luz de...