quarta-feira, 20 de março de 2013

JESUS CRISTO, um estranho no ninho.





















Depois de assistir a um longo período de louvor, como também uma peça teatral muito bem elaborada, a encenação maravilhosa do grupo de coreografia!

Depois que foram feitas varias homenagens a homens de suma importância...

Em fim! Quando já ia avançando-se as horas deixando pouquíssimo tempo para a ministração da palavra, o pastor titular meio desconfiado chama o pregador daquela noite para que tomasse o seu lugar junto ao púlpito.

  Desconfiado, pois fora pego de surpresa, não sabia quem era aquele anônimo palestrante e ou como o nome dele foi parar na pauta. Quem o convidou?... 
E porque mesmo sendo Este pastor um líder autocrático, havia uma força incompreensível o impelindo a convidar este sujeito de nome cuja raiz era semita.

   __ Gostaria de pedir o senhor Yeshua a gentileza de dirigir-se ao altar!

  Não sabia, e muito menos entendia como tudo aquilo estava acontecendo, olhava por todos os cantos á procura de um culpado para execrá-lo posteriormente por este constrangimento, mas de posse do escrito percebia claramente que a letra grifada no papel era a sua própria letra, e ainda por cima tendo a sua assinatura.

   Como havia e quando havia escrito aquilo?

...E que força estanha era aquela que o fazia anunciar este individuo um tanto incógnito?

Quando o mesmo dirigiu-se ao púlpito mostrou ser extremamente simples portava um terno simples que literalmente contrastava com o George Armani que o pastor estava usando, assim como o seu caríssimo relógio importado, em fim! Definitivamente aquele homem era a pessoa errada no lugar errado...

  Mas ao contrário do que se imagina, quando o desconhecido começou a palestrar trazia uma voz mansa e profundamente cognitiva além de ser uma voz cheia de autoridade e à medida que pregava, as palavras tinha um potencial avassalador que parecia abalar toda consistência daquela luxuosa igreja que estática ouvia tudo em silêncio.

  Este homem falava sobre a parábola do bom samaritano (Lc. 10: 25 – 35) orientava a buscar sempre em primeiro lugar o reino de Deus, que não ambicionassem tesouros nesta terra, mas que ajuntassem tesouros no céu onde a traça não coroe e não abundam ladrões (Mt. 6: 19 – 20) condenava falsos pastores chamando-os de lobos travestidos de ovelhas.

                                  __ Acautelai dos falsos profetas que vem a vós vestidos de ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. (Mt. 7: 15).

O pastor titular cochicha algo no ouvido de seu auxiliar que imediatamente sai às pressas daquele recinto e pouco depois a energia se acaba sem uma razão obvia. Mas mesmo assim o inconveniente pregador continua a falar e de forma sobrenatural.

  Sua voz ecoa mais audível ainda, assim como a luz do reflexo da lua o iluminava e seu corpo transverberava uma teofânica essência de um brilho sem igual, mas o palestrante absorto abstraído em suas palavras valorizando-as uma por uma! Elas tornaram mais importante do que a sua própria presença naquele instante, todas as forças se exauriram enquanto ele proclamava com toda autoridade!

  Falava contra a fornicação, o adultério, questionava o divorcio e principalmente aqueles que haviam deixado seus cônjuges para buscarem uma união que lhes fossem mais convenientes. Falava sobre aqueles vendilhões que vendiam suas pregações, canções, por quantias exorbitantes, mas não se animavam estar em lugares que não lhes propiciavam status. 

...E quando ia declarar que a igreja estava se convertendo em um subterfúgio mercantilista antropocêntrico e humanista!...   
 Alguém gritou lá do fundo! ...

__ CRUCIFICÁ-O OUTRA VEZ!...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só queria uma chance. [ Ao ouvir Roberto Carlos - Estou aqui! ]

No cartaz estava escrito. GRANDE CURA PARA O MAU. Dizia que o Senhor é a solução… ***********   Eu vim aqui Senhor!… ...