quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O coração
























O coração que bate num grande homem
nunca foi o mesmo que bate num homem grande
e difere do coração que bate num homem pequeno
onde o grande se torna pequeno
mas o pequeno pode se tornar grande.

E seja grande ou pequeno
torna-se antidoto ou  veneno...

Se o coração for imenso
estará sempre propenso
de tamanho intenso,
mas se jaz pequeno o coração
diminuto é o cidadão.

Seja o homem grande ou pequeno
bem maior é o seu veneno,

Sendo pleno
jaz em si um coração
do tamanho da emoção
de um amor tão verdadeiro
que o torna um hospedeiro

do incomensurável amor de Deus



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serás sempre mulher! [Uma resposta a Avon]

A semente que gera. És feminina és doce és bela! suave como a pétala de uma flor tão sublime és princesa e não importa sua ra...