sábado, 17 de outubro de 2015

O PADRE GALEGO.



Versos & prosa

O poeta é pássaro que canta,
canta enquanto encanta,

em seus versos e rimas
em seus conflitos seus  cismas.

Uns o ignoram
já outros se  encantam
na voz do seu cântico
dos versos que falam
traduz sua alma
e voz sempre calma
flutua na sua palma
da mão que escreve.

Aos que o ignoram
ainda assim ele canta,
canta enquanto encanta!

Pois a sua essência
transcende aos que pensam,

vai além do infinito
a sua alegria
ou sua dor seu conflito.

E ouve seu grito
que ecoa tão livre
ainda que preso
no cárcere do amor
ser poeta e ser luz
em versos e prosas
em alma e essência.

Há quem diga que ser poeta
é ser um grande fingidor
que finge tão completamente
ao fingir ser mentira
a dor que na verdade sente.

Mas na verdade ser poeta
é apenas ser gente
que acha que sente
aquilo que outro nunca sentiu!...

...É o que o poeta não sabe,
ou finge não saber
que qualquer pessoa que ama
é poeta e não sabe!...





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na fornalha da esperança,

De forma redundante sempre afirmo que os diamantes são raros de valores tão caros, mas que de nada valem para quem não lhes sabe dar o ...