sexta-feira, 27 de novembro de 2015

O fel da terra.





A terra sangra a dor que a fere
da chaga que se abre em valas mil
daqueles algozes que a feriu
e o rio que morreu
e morto escorreu,
porém sei que um dia
tão doce jazeu
mas no fel se converteu
levando os restos mortais da terra ferida.

...E mesmo sabendo que dela se veio
que à ela voltará
destrói-se o seu veio.

E em vão morre a terra
levando com ela a natureza
deixando somente uma certeza
que inseridos na terra,
mal dela cuidamos
pois com ela acabamos,

e as vezes ignoramos
que nela nós nos enterramos,
e aos nossos entes queridos...








Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você se lembrar de mim. [Ao ouvir Chris Thompson ]

A importância de saber lidar com sentimentos subjetivos é imprescindível para que tenhamos equilíbrio. Às vezes o passado torna-se...