sexta-feira, 9 de setembro de 2016

O Grande Avatar!

Um simples carpinteiro.

Olha seu moço elegante
de terno tão sofisticado
tens o falar tão bonito
parece um príncipe encantado,

e fala tão bem de Jesus
que parece até conhecê-lo
mas fico assim tão confuso
tentando em vão entendê-lo.

Falas que Deus é rico
que rico vai nos tornar
mas li escrito na bíblia
que o nosso ouro está em outro lugar!

Pra não ajuntarmos tesouro na terra
onde existe ladrão e a traça corrói
mas ajuntarmos tesouro no céu
onde a ganância não destrói.

Tu falas de modo tão eloquente
eu confesso que confunde a gente
ao vê-lo a falar deste jeito
sinto até vergonha de ser crente.

Meu Jesus era humilde
um simples carpinteiro
que antes de pregar o amor
dava duro o dia inteiro?

Depois ele ficou rico?

Ganhou muito dinheiro ao ensinar?!

Eu nunca vi escrito na bíblia
que ele cobrava para pregar!

Tu pedes tanto para mim!

Pra quê, tantos mil reais?

A maioria de nós é pobre
desculpe o senhor pede demais!

Promete que Deus vai dar o dobro
mas eu tenho que tudo a ti entregar!

Que não posso em outro lugar ofertar
tem que ser somente no seu altar
na minha igreja veio um moço
ele é um evangelista
passou fome no estrangeiro
ele não era um golpista.

Não falava tão bonito!

Não tinha a sua sabedoria
mas tinha um brilho nos olhos
e ao falar ele sorria
pois a fome ele supria
de um povo tão distante
que não conhecia Deus
era um povo tão errante.

Ele mostrou suas cicatrizes
por amor foi espancado
mesmo assim continuou
ele não ficou calado
o evangelho anunciou
a jesus cristo revelou
para um povo tão idolatra
digno amor ele espalhou.

Aqui tudo é diferente
a maioria conhece Jesus
mas tão poucos buscam a ele
tão poucos querem sua luz
como também seu amor.

Só querem esta tal prosperidade
e não adoram mais a Deus,
em espírito e em verdade.

O senhor é importante
todo mundo bate palmas
mas deixa eu perguntar pro senhor?!

Para onde vão estas almas?

E todo este tesouro?

Elas vão poder levar?

Vai caber na sepultura,
todos os bens que elas ganhar?

E o senhor?

De fala tão eloquente
conhece os atalhos das escrituras
mas a tua pregação
já não transforma as criaturas.

Não pense que estou te julgando
pois não sou o seu juiz
pelo contrario estou te alertando
sua vida está por um triz.

Abandone o seu pecado
ensina o povo a clamar por perdão
acredite, ainda há tempo
de limpar o seu coração.

Sei que falas de milagres
que riquezas Deus vai derramar
mais não existe maior milagre
do que uma alma se salvar!

Olha seu moço elegante
de terno tão sofisticado
tens o falar tão bonito
parece um príncipe encantado...

********



Fala-se muito em avivamento nesta nossa nação.

Mas em nome de qual corporativismo este viria, sob a batuta de qual grande líder?

Alguns destes famosos televangelistas que vêm protagonizando o evangelho que temos presenciado?!

Um evangelho sincrético, midiático, pragmático, humanista, relativista, e até mesmo hedonista!

Qual dinastia seria contemplada, e qual mentor e líder seria o grande avatar deste famigerado avivamento?...

Se não houver um total arrependimento, pelos pecados, seguido de um novo nascimento, se não houver uma genuína conversão às sagradas escrituras.

Se não houver uma liturgia cristocentrica sem sincretismos, sem pragmatismos, sem o terrível relativismo humanista.

Se não houver a volatilidade estonteante que subleva a ambição pelas coisas materiais, se não houver o sentimento intrínseco de resipiscência seguido de um verdadeiro temor.

Se não houver envolvimentos fisiológicos politiqueiros,
“se a politica for colocada à margem”.

Se em vez de fazermos de todo este engodo doutrinário a base de nossas estruturas, retornarmos para uma consciência etérea advinda de sermões ilibados cuja hermenêutica prima pelo hegemônico e salutar cristianismo.

Se a maioria dos líderes abandonarem a obsessão pelo poder, se estes deixarem de venderem o evangelho a troco de coisas efêmeras perecíveis e passageiras...

Se eu, se você, se nós!...

Introjetarmos em nossas consciências, a essência, a sublimidade, os valores incomensuráveis que marcaram época e eternizaram grandes vultos como, David Brainerd, Spurgeon, John Wesley, Mood...

Se tivermos a austeridade de Calvino, a coragem de Lutero, e mesmo que não tenhamos a mesma integridade, pelo menos estaremos mais próximo do que seria um verdadeiro avivamento, e não uma massificação de religiosos incautos...





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O terror do socialismo.

SOCIALISMO O mais desumano regime que se esconde por de traz de uma pseudo igualdade. Quando na verdade, traz intrínse...