Barra de vídeo

Loading...

sexta-feira, 3 de março de 2017

Um fictício debate entre um pastor e um ativista gay...

Nós temos princípios
que nos são inalienáveis
mas nem por isto nós devemos
deixar de ser mais amáveis....

respeitando o próximo
amando-o como a nós mesmo
mesmo que o próximo não nos ame
e o amor que sentimos fique a esmo

devemos  amar aos que nos odeiam
orar pelo que nos perseguem
mesmo que com suas atitudes
a excelência do evangelho reneguem.

Jamais devemos ou podemos julgar
aqueles que não professam a nossa fé
somos livres para escolher
cada qual acredita no que bem quiser

mas se a gente cumprir o maior mandamento
e o maior mandamento é o amor
seremos com toda certeza
Verdadeiros discípulos do Senhor!

***************


- Senhoras e senhores!...
A minha direita, usando um terno George Armani, um genuíno  Rolex e um raríssimo anel o pastor Homofobildo  contragay...

A minha esquerda, usando um vestido raríssimo caríssimo “estilo Stella McCartney”.
A Drag queen conhecida como pec 122, que debaterá contra o senhor Homofobildo sobre a lei...

Eu tenho saudades do tempo em que homossexual era apenas homossexual, e pastor era apenas pastor, parece que estou exagerando, porém deixo de ser exagerado como também cai por terra esta infeliz ironia que foi feita por mim logo acima, ao criar um fictício debate entre um pastor e um ativista gay...

Eu sei que existem muitas injustiças em relação a violência impetrada aos homossexuais, como também sou extremamente contra qualquer tipo de preconceito, seja ele social, racial, homossexual, étnico, em fim meu preconceito é contra o próprio preconceito.

E eu demagogicamente me sinto a vontade para falar sobre este assunto, além de ser negro também era alcoólatra, aí já viu né!

A minha vantagem é que eu nunca tive tendências homossexuais, pois aí é que a garapa ia azedar de vez...

A verdade é que estamos vivendo o que eu poderia dizer quase um maniqueísmo e infelizmente líderes cristãos e lideres do LGBT se digladiam em uma acirrada briga uma ideologia que na verdade pretere os que são os mais interessados para promulgarem seus próprios interesses...
Demagogicamente se valem desta questão polemica porque justamente esta questão germina de forma visceral paixões recônditas em âmagos vazios de Deus.

O cristianismo não preconiza o homossexualismo porque promulga uma relação heterossexual monogâmica profícua e fecunda...

Mas jamais impôs a sua doutrina aos que a ela não assimilam, sejam eles homossexuais ou não...

Estou me lembrando agora de uma canção antiga, eu era adolescente e está canção fazia o maior sucesso nas rádios de Belo Horizonte, mas ela tem um cunho de certa ironia,..

E me vem uma pergunta que não quer calar!...

Quem adotaria esta canção hoje?
Quem a condenaria?
Os ativistas gays?
Ou os homofóbicos?...







Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário