domingo, 30 de dezembro de 2012

Mercadores da fé

"Foto extraída do saite Pulpito Cristão"


Embora seja um tanto surreal
e porque não dizer paradoxal!

...Eu contemplo a montagem do que seria
alusivo a mais real demagogia,
pois ao ver a foto de Paulo de Tarso
aludido ao contemporâneo
com dizeres tão propício
destes que ainda hoje
se tornaram emissário
na verdade apenas correligionários
infelizmente mercenários
mercadores da fé.

 

Sei que é um paradoxo
ver uma igreja tão promiscuída
comumente envolvida
num pseudo evangelicarismo
tão efêmero e superficial.

 

Pois perdeu de sua origem
ao apregoar o sincretismo
no abissal relativismo
onde o ínfimo humanismo
reverbera o pragmatismo
e em meio a tantos ismos
chafurdamos no abismo
cultuamos o universalismo.

 

Hoje brilha-se nas ribaltas
entre as luzes de neon
mas não brilhará no céu
já que recosturaram o lúgubre véu
que o Rei Jesus rasgou.

 

Hoje fala-se da graça
mas a aludem a trapaça
e pela graça desta cruz
recrucificam a Jesus
pisoteiam no seu sangue
somos salvos pela graça
mas cultuá-lo não é de graça
nos induzem a sempre dar mais
pois extorquem nosso tesouro
para Deus nos entregar mais!...

 

Jeová jiré virou Mamom
que enriquecem seus emissários
e caímos no conto do vigário,
não se fala mais de pecado
da justiça e do juízo,
pois perderam o juízo
e esquecem que somos tão efêmeros
como a própria flor da erva.

 

Assim seguimos firme
alargando as fronteiras
nos tornando um império
como foi a Babilônia,
hoje reina tal como Roma
ou a curia romana!...




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
 para que todo aquele que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Sincréticos evangelistas




Questionado ou não,


por causa da emancipação

com toda certeza

outros troféus virão.



O que importa é que o evangelho seja pregado,

mas será que verdadeiramente ele está sendo pregado?

Será que Paulo o teria aprovado

ou por ele seria rechaçado?



Poderia dizer que existe um relativismo

com um forte pragmatismo

mesclado ao hedonismo

evidencia-se a mais sutil

tendência para um ecumenismo.



E os nossos artistas gospel?

Que tem como referencial

sincréticos evangelistas

que em suas programações

extorquem milhares de milhões!



...Camisetas, bonecos, livros e bíblias

tudo sempre fazendo media

o que me reporta a igreja da idade media

bizarra terrível comedia.



Mas seguem todos tão incólumes

dizendo serem de Deus

e milhares a segurem os passos tão seus

mas e os meus?



Que ensinei sobre IIcor. 6: 14...

mas que comunhão há entre o fiel e o infiel?

será que estou sendo radical

ao ter tão sincero ideal!



Como os ideais que fizeram os nobres:

John Hus marchando para fogueira

Lutero com suas 95 teses

e eu temo uma tese,



que venham dirimir a verdade

através da teologia da prosperidade

pois com esta alvissareira teologia

tão cheia de encanto e magia

só falam de riquezas e de alegria,



mas não falam de arrependimento

sentimento que nos livrará do tormento

onde haverá só lamento

e pranto e ranger de dentes

temo que estes dentes

sejam dentes de crentes....







Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
para que todo aquele que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna.

 -João, 3:16-

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Um novo cântico



Cantai ao senhor um novo cântico.
Que fale mais de arrependimento

que haja mais resipiscência

que exponha o triste lamento

daquilo que um dia será futuro tormento.



Meu Deus olhai para aqueles,

que cantam e a muitos encantam

mas já não mais encantam o vosso coração .



Não vejo mudança nos povos

nestes que se dizem cristãos novos,

mas vejo em meios a estes

a esperança de um mundo melhor

aonde não haja tantos artistas

com tantas idéias humanistas.

Mas que os que brilham na ribalta

rejeito esta cotação tão alta

e vistam panos de sacos

colocando cinzas sobre a cabeça...



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Como é bom falar do amor de Deus!



Como é bom falar do amor de Deus!

Levar as pessoas a um mundo melhor
ainda que haja tristeza,
angustias e incerzas.

Como é bom falar do amor de Deus!

Guiar as pessoas a um nortte
ensiná-las a não temer mais a morte
fazê-las acreditar nesta sorte.

Como é bom falar do amor de Deus!

Ser um leve e solto mensageiro
aqui na terra um medianeiro
um ponto que liga ao outro
trazendo Deus aqui para terra
enquanto descortinamos o véu
e levamos almas para céu
fazendo um céu em cada coração
expulsando a dor e a solidão
o ódio a angustia e todo rancor,

e num mundo tão perdido
falar um pouco mais de amor!

Do amor de Deus.





 
Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,
para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

Malditos traficantes...

Jovens nas esquinas Vejo jovens nas esquinas e a esquina da vida é a esquina da morte onde a esquina do azar anulou toda sort...