sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Numa sublime simbiose















Devemos adorar,
devemos idolatrar a Deus com toda força de nossas almas,
e amar aquilo que ele nos deu,
porém e forma subliminar ao que ele representa para nós.

Devemos reverenciá-lo de forma solene
Temê-lo de forma respeitosa
desejá-lo de forma compulsiva
necessitá-lo de forma irrevogável.

Amá-lo de forma superlativa
devemos ser completamente loucos
porém  uma loucura idônea
neste paradoxo tão intrínseco
que nós torna parte dele
numa sublime simbiose.

Muitos o buscam pelas imagens
ou símbolos por homens fabricados
símbolos estes que são venerados
como se ele ali estivesse.

É imprescindível fazer do coração um ostensório
aonde se habite a viva presença de Deus

pois temos no coração todo fluxo
a unica coisa que o atrai
o amor que a ele é inerente
pela graça e fé somos crentes

Deus mescla em nós sua essência
seu incomensurável amor
sua abundante clemência.


Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...