Pular para o conteúdo principal

Farrapo humano, I parte.


Reencontro.


Seu nome era paz!
seu olhar esperança
sua voz o conforto
de um caminho tão torto.

Eu o via caminhar
na minha imaginação
caminhava com ele
em total comunhão.

Mas pensando estar só
vi doer os meus espinhos
minha fé conturbou-se
me perdi no caminho.

...E dele me separei
fui viver pela dor
em angustia e tristeza
converti o meu amor.

Meu nome virou conflito
minha fé desviada
meu olhar tão vazio
me perdi na jornada.

E eu que falava sozinho
superando qualquer aflição
pois minha dor se aliviava
ao fazer uma oração.

Pensei que ele havia me esquecido
tornei-me um tanto descrente
julguei ser apenas ilusão
fiz tudo errado infelizmente
mentindo sempre a mim mesmo
mesmo quando dele falava
pois sabia lá no fundo
nele muito pouco acreditava.

Quando dele ia falar
teimava sempre em contestar
ele não ligava para mim
julguei-me por demais vulgar
tentando sensibilizara-lo
ironicamente eu chorava
como era pobre de espírito!

Meu Deus!...

Como me amaldiçoava!

...E tanto me amaldiçoei
que esqueci o porquê chorava
perdi a noção do que era viver
como farrapo humano vegetava
mesmo assim com veemência
eu roguei por clemência
pois sentia esvair-se
a minha própria existência.

...Até hoje eu não sei
como pôde acontecer
minha podre e inerte vida
consegui se reerguer
aumentou-se a esperança
sentimento que foi só lembrança
me fiz uma nova criatura
vivendo em paz e bonança.

Só que para o meu desencanto
enterrei-me em outro pranto
porém para o meu próprio espanto
alivie-me no entanto,

a dor sei veio forte
gosto amargo da morte,
mas desta vez eu estava com ele
ele mudou a minha sorte
por isto dei a volta por cima
sem ter medo sem ter sisma.

Apesar de ver no espelho
meu semblante tão tristonho
e meus olhos um tanto vermelhos
de repente eu sorri
ao ver em mim tanta serenidade
seu doce Espírito habita em mim
trazendo paz amor e felicidade
descobri o valor de ser cristão
aprendi ao próximo amar

e ainda que haja decepções
com Deus eu aprendi a superar
pois isto de graça ganhei
quando a Jesus Cristo me entreguei
meu coração transborda paz
na sua paz me edifiquei!

...E mesmo que o mundo diga não
que haja derrota desilusão
não fecharei meu coração
hoje sei que sou feliz
Jesus Cristo foi a minha solução.

 ***********

A primeira vez que entrei em uma igreja evangélica foi no começo dos meus vinte anos, algo diferente aconteceu naquele dia, eu senti um leve toque de Deus, lembro-me que foi o suficiente para que eu paralisasse com a bebida, até de fumar havia parado também!

Mas infelizmente como eu era novo o mundo com a sua sedução acabaram me laçando de volta, sedução não! Cachaça mesmo!

Eu caí na besteira de ir contar a novidade ao dono do bar que eu costumava frequentar, até aí tudo bem!

O problema foi quando um homem apelidado de Pato, cujo eu tinha o habito de beber com ele entrou no boteco e pediu uma cachaça.

Enquanto ele tomava a sua pinga eu o evangelizava:
__Sabe Pato! Jesus tem um plano na sua vida!...
Ele pediu outra cachaça, e eu continuei pregando...
__Éh!... Jesus tem um plano...
Ele pediu mais outra cachaça, e eu...
__Jesus tem...
Pediu mais uma...
__Jesus...

Na quarta ou quinta cachaça eu também pedi uma, e não demorou muito e nós dois estávamos bebadozinhos e eu tinha aprendido na igreja alguns corinhos, por causa disto chorava e cantava, cantava e chorava!...
Até ele também acabou aprendendo!
Continua...





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ansiedade.

Ansiedade é antecipar fatos que ainda não aconteceram, é a premonição hipoteca de algo virtual que habita apenas no campo da imaginação, e por esta causa faz com que o sofrimento seja por antecipação.
Ela deixa de ser benéfica quando a desesperadamente esperamos algo de bom, já que acaba gerando a angustia que culmina no mais terrível conflito de alma.
Pior ainda é quando o tormento de algo que nem aconteceu nos assombra nos deixando sofrer de forma tão precoce como se tudo estive se passando em tempo real, quando poderíamos nos antecipar a tão supostos sofrimentos pedindo a Deus força para lutar contra os mesmos, ou resignação para suporta-los caso os mesmo venham se evidenciar.
Por isto a ansiedade nunca foi benéfica para ninguém e quantas vezes os efeitos psicossomáticos redundam em terríveis malefícios sejam orgânicos ou não.
Porque é tão difícil assim confiar em Deus, porque que na angustia nós bloqueamos  o sentimento de lucidez ignorando que Deus tem o final da nossa historia em su…

Mulher tu és especial!

És tão sublime e trazes essência que te torna especial!
A mais bela entre as flores que exala o perfume do amor e o amor para a vida.
A razão para viver Mulher! Que faz bater forte um coração que suspira enquanto sonha e sonha enquanto pulsa e no eu pulsar solidão expulsa.
És de Deus a criação mais bela sim! Mulher tu és especial! Um sonho tão bom! Que faz bem ao coração pois Deus depois que tudo fez!... Quis fazer ainda melhor!
...E foi assim que você nasceu!

Trazendo suave fragrância da mais sublime essência, és tu ó mulher! De Deus a excelência
De deslumbrante beleza sensível como uma flor tão doce como mel na terra uma parte do céu!...

Sonhe! Obstinadamente sonhe ...

Lembranças alegres são como lindas flores que murcharam em nossos jardins enquanto as lembranças tristes são como pás que desenterram sepulturas fétidas que chafurdam no recôndito de nossas almas.
A vida é como um rio que segue lentamente o seu curso e o que passou jamais voltará e o tempo que já vivemos serão apenas lembranças tristes ou alegres, e ainda que sejam alegres vem com a nostálgica influencia das tristezas por não podermos mais vivenciar algo que ficou no passado.
Viver é a coisa mais sublime que existe, e ainda que estejamos tristes, devemos colocar o prazer supremo de viver acima de nossas momentâneas tribulações, pois a vida passa e só restaram lembranças que nunca é bom relembrá-las...
Viva intensamente para que não haja tempo de voltar ao passado ainda que este passado um dia tenha lhe propiciado algo de bom.
Sonhe! Obstinadamente sonhe como um futuro que te traga felicidade, mesmo que pareça ser apenas uma utopia, sonhe com a alegria, ainda que pareça viver no mundo da f…