sábado, 25 de junho de 2016

FÉ. (1ª parte)




É necessário saber no que se crê antes de plantar o que um dia certamente haveremos de colher, realização ou decepção, edificação ou destruição.


Muito mais importante do que promulgar uma religião, está o propósito de emanar um estilo de vida!

O evangelho de Jesus Cristo busca sobre tudo, valores que transcendem a cultura, a ideologia, a filosofia!...

Reverberando uma nova compreensão onde a essência teofânica é intrínseca a consciência para a sublevação de nossas almas. 

É impossível uma vida eficaz sem fé e a fé não é apenas um simples sentimento germinado pelo esforço físico ou mental dando consistência orgânica psíquica ao homem a cerca dos seus sonhos e anseios.

Ela pode até propiciar tais sentimentos tanto psíquicos como orgânicos, mas isto vem como ressonância daquilo que amiúde se nutre!...

Pois o homem ao basear-se apenas nas suas condições estruturais oscila vacila e se torna um tanto reticente.

A fé é um firme fundamento das coisas que não se vê a certeza daquilo que se espera, a própria bíblia atesta isto, (Hb. 11: 01)

É um objetivo a se alcançar baseado na certeza plena que este objetivo será alcançado por mais difícil que ele possa parecer e quando ela se arregimenta apenas de forma antropológica sua consistência efêmera se prende no limitado espaço tangível onde muitas vezes se equivoca por ter permeado em esperanças remotas e infundáveis, e sem um respaldo perene solido a frustração pode aniquilar a uma alma desiludida.

Por causa da inconstância tão comum ao ser humano jamais o mesmo pode confiar na sua própria capacidade, pois somos de natureza falha e deixamos nos enganar pelas aparências, pelas circunstancias em fim!

Consolidar nossos projetos meramente em nossa capacidade incorre-se em um risco enorme, por esta razão é mais do que necessário antes de configurar nossos planos sonhos, buscar com sinceridade as condições de viabilidade destes planos e sonhos, se eles compactuam com nossa realidade e ainda que seja algo acima de nossa realidade é necessário buscar respaldo em Deus.

Porém de forma idônea consciente, e isto somente se torna possível a partir do momento que estabelecemos uma genuína comunhão para com Ele e neste caso ainda que algo pareça impossível, tendo o respaldo deste mesmo Deus, Ele jamais vai nos deixar desvanecer, mesmo que às vezes devido as nossas limitações venhamos a titubear.


Por isto é imprescindível antes de alimentar nossos sonhos buscarmos em Deus se ele também é solidário aos nossos anseios, não adianta querer convertê-lo em um produto de nossos devaneios uma espécie de subterfúgio, isto só nós torna alienados e quando plantamos nossos sonhos sem ter colocado a questão diante dele (Prov. 16: 1 – 3) estaremos correndo o risco de decepcionarmos e não existe nada pior do que uma frustração.


Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O terror do socialismo.

SOCIALISMO O mais desumano regime que se esconde por de traz de uma pseudo igualdade. Quando na verdade, traz intrínse...