sábado, 4 de junho de 2016

Havia uma criança na esquina.



Eu vi uma criança no sinal
destas que fazem malabarismo na esquina
seu rosto estava com tinta brilhante
um nariz de palhaço vermelho
refleti triste no espelho
o futuro de um cidadão.

Pois para minha dor
meu desgosto
ele estava drogado
tão novo e abusado
por este mundo violentado.

Meu Deus havia um garoto na esquina!
Terrível maldita sina
andava claudicante
tentando equilibrar três varinhas
girando uma em torno de duas
mas de tão grogue
mal se equilibrava a si mesmo
por varias vezes sua vara caia ao chão
isto feria ao meu coração.

Trazia o odor fétido do thinner
os olhos extremamente vermelhos
seus olhos eram o espelho
desta geração que amiúde
tomba destroçada ao chão
pois seguem na contra mão
me diz onde está a solução
se nós como cidadãos
pensamos apenas em nós mesmos
esquecemos de estender nossas mãos.

Onde está o amor?!

No dinheiro extorquido por políticos?
Nestes lideres de religiões
que polarizam suas feições
dizem alcançar as nações
mas não se lembram de nossas crianças
neles elas perderam suas esperanças…

Onde está o amor?!

Lançado em esmolas na esquina
mendigando um pouco de reciprocidade
sonhando com um pouco mais de dignidade
em vidas perdidas que vão
na miséria a vegetar!


Havia uma criança na esquina
no meio de tantas outras crianças
que vagam sem fé e sem esperança
e eu olhava pra ela calado
omisso um tanto conturbado
sentindo-me um tanto envergonhado.

Impotente eu fiz do meu viver
motivo de apenas escrever
que havia uma criança na esquina
que talvez hoje já não haja mais!…
Meu Deus eu fui capaz!
De nada fazer!

Pois tudo que sei é escrever
que existem crianças na esquina
que um dia poderão ser marginais
se ninguém tira-la da marginal
da longa estrada da vida.

São crianças que jazem
perdidas nas esquinas da vida
e vão crianças sem vida
vivendo a vegetar
esperando a morte chegar
quem sabe assim então elas
poderão começar a sonhar!






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O amor é a base para ser o que o somos. [Ao ouvir REM- Everybody Hurts]

                            A vida me ensinou que não adianta desejar algo que nunca será nosso. ...