quarta-feira, 27 de julho de 2016

Comunhão com Deus. [Deus é a resposta] final.



Amanhã é outro dia.

Agora ele dorme
estava doente
doença de espírito
sentia-se carente

eu o vi chegar
e chorava baixinho
comprimia o peito
como se tivesse com espinho.

Seus olhos embaçados
de olhar tão desanimado
embotados em lágrimas
vivia triste e tão calado.

Amanhã é outro dia
onde o sol há de brilhar
haverei de estar por perto
só para vê-lo acordar!

Agora ele dorme
já posso vê-lo a sorrir
é tão sereno o seu semblante
sou Jesus por isto estou aqui.




É necessário que o homem se identifique com a razão motivadora que amiúde dá á consciência aos seus anseios para que este não viva alienado, pateticamente destituído.

Existem três razoes que é respaldo aos nossos sonhos, que dão validade ou não ao que se pleiteia por isto a importância de uma análise profunda e sincera.

Em primeira estância nós devemos verificar se há dentro de nossa essência virtudes que é fluxo dando assim a vazão ao que tanto desejamos.

Lembro-me de um antigo corinho infantil que exemplifica de forma mais objetiva esta verdade:

“... Imagine uma vaca voando, passarinho berrando... NÃO DÁ!”

Avaliando este fato de forma menos lúdica prosaica, podemos citar o exemplo de um jovem que sonha em ser jogador de futebol e jogar em um grande time da capital, só que tem um pequeno empecilho que o impossibilita o seu sonho de se realizar. O mesmo é ruim de bola toda vida!...

Em segundo plano devemos certificar de que conceito social pessoas do convívio podem e tem o interesse de apoiar-nos apostando em nossos sonhos como se fossem os deles.

A terceira razão independe de qualquer um destes conceitos acima citado, e torna-se a principal para o sucesso absoluto, porém ao mesmo tempo em que é a mais fácil acaba transformando em obstáculo devido a nossa natureza humana.

O apoio do Espírito Santo de Deus.

Para que ele possa validar nossos sonhos ele requer a nossa total submissão, tornando-nos inadimplentes perante a sua vontade, ele jamais dividiu ou dividirá a sua gloria com outrem (Is. 42: 08).
É obvio que ele mais do que qualquer pessoa quer nos ver vencedor, mas ele sabe que a partir do momento em que deixarmos a soberba invadir nossos corações estaremos propensos as armadilhas do diabo que se vale da nossa falibilidade natural.

Quando evidenciamos nossa autossuficiência nosso egocentrismo fazendo-se forma inconsciente ou até mesmo consciente nós acabamos cometendo o mesmo erro de satanás que desejou tomar o lugar que é de Deus (Is. 14: 13 – 14) e por esta razão induziu a Adão ao mesmo erro cometido por ele, onde em um efeito dominó todo ser humano sem acepção foi decaindo-se. Um á um!

“A soberba precede a ruína, a altivez de espírito a queda. Prov. 16: 18”.

Por isto a necessidade de um sentimento literal de dependência o que torna nossos corações vulneráveis nas mãos daquele que nos criou.  Há que se perguntar!

Mas e os nossos sonhos?   
Não temos o direito de sonhar?!...
Não se trata disto, é evidente que Deus quer que sonhemos, porém ele também tem planos para as nossas vidas, isto fica explícito no livro de Jeremias, 29: 11 – 13, assim como também em Isaías, 55: 08 – 09.

O evangelho de Jesus Cristo escrito por João, no capitulo quinze, versículo dezessete, deixa-nos uma mensagem animadora pois atesta que se estivermos em Cristo Jesus e as suas palavras estiverem em nós tudo que nós pedirmos crendo nós receberemos.


Mas a verdade é que para que se chegue a este ponto é imprescindível que avaliemos todo o contexto do capitulo, pois do contrario estaremos tão isolados quanto isolado está este versículo da realidade do contexto, e com certeza se vivenciarmos o que a bula deste capitulo quinze prescreve, entenderemos que será tudo para glória de Deus, e que estaremos tão ligados a Ele que até esqueceremos das nossas necessidades  para dar maior vazão as prioridades deste mesmo Deus.

Nós temos muitas necessidades, mas Deus tem que ser a nossa prioridade.





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Serás sempre mulher! [Uma resposta a Avon]

A semente que gera. És feminina és doce és bela! suave como a pétala de uma flor tão sublime és princesa e não importa sua ra...