terça-feira, 9 de agosto de 2016

Igreja institucional.




















A igreja institucional é como a placenta aonde se forma o embrião humano possibilitando ao mesmo todos os nutrientes necessários para a uma formação salutar.

Porém, é imprescindível reiterar que com nascimento, esta placenta torna-se desnecessária e descartável.

Para que esta mesma placenta seja profícua ela jamais dever receber qualquer nutriente que lhe seja prejudicial, e quantos embriões tornam-se anômalos devido a ingestão de nutrientes nocivos corrompendo a hegemonia de um processo de gestação.

Em uma analogia tenho visto na igreja institucional cujos organismos estão contaminados já que de forma contumaz lhe são inseridos uma doutrina deturpada que danifica a formatação, e nesta minha analogia vejo com grande pesar as aberrações inacreditáveis que amiúde ecoa dentro das quatro paredes tornando as pessoas em energúmenas e estupidas.

Eu nunca fiz seminário algum e sinceramente mediante a tantas incongruências confesso que me sinto receoso de fazer parte de um núcleo já que tantas heresias vêm se instalando, principalmente no meio neo pentecostal...

Só que polariza-se por demais as maluquices dos ribalachéia ou dos alabecanturias, mas esquece-se a nocividade do terrível e grotesco eufemismo de cristãos progressistas que converteram a fiel e inerrante palavra de Deus em textos arcaicos ambíguos, em fim!

A bíblia há muito deixou de ser a palavra de Deus para apenas conter palavras que falam sobre Deus, as sagradas escrituras deixaram de ser a verdade absoluta para conter apenas certas verdades.

E eu já não sei qual é pior se o irmão que ora a línguas dos anjos, ou se o teórico teólogo que insufla o humanismo com filosofias antropocêntricas e inverossímeis...

Se os profissionais da fé que se valem das emoções alheias para se auto beneficiarem, ou se os que obstinadamente unilateralmente promulgam as suas ideias egocêntricas...

Se o pragmatismo materialista de líderes neo pentecostais, ou se o relativismo de líderes intelectuais que são capazes de abarcar uma teologia humanista, com todo o eufemismo que vem deturpando a essência da doutrina cristã.

Devido ao fato de o meio neo pentecostal ser raso e ávido e na maioria das vezes sem o mínimo discernimento o mesmo acaba aderindo-se ao relativismo, pragmatismo, humanismo, hedonismo, ainda que ele nem saiba o que isto significa.

Eu não entendo o porquê de o homem ser tão suscetível a ideias que deturpam, talvez seja pelo fato de a mesma não o colocar sobre a responsabilidade de reconhecer literalmente subjetivamente o quanto é mesquinho e falho.

Na verdade, guardado as proporções, em nada somos diferentes daqueles contemporâneos de Jesus Cristo, uns queriam apenas questiona-lo, outros, apedreja-lo, outros apenas extorquir os bens que ele tinha para dar-lhes...

Mas tão poucos se comprometeram a negarem a si mesmo e segui-lo!



  

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só queria uma chance. [ Ao ouvir Roberto Carlos - Estou aqui! ]

No cartaz estava escrito. GRANDE CURA PARA O MAU. Dizia que o Senhor é a solução… ***********   Eu vim aqui Senhor!… ...