domingo, 21 de agosto de 2016

Nos princípios da integridade

Não sei se é a mentira,
que tem perna curta!

Ou se é a verdade,
que tem os braços cumpridos.

Se é o engano que é fugaz,
ou se a certeza que é perene.

Também não sei o porquê,
do homem trazer em si
a facilidade para enganar-se
achando que engana aos outros.

Porque a verdade e tão difícil?
Se ela é mais coerente!
Preterir a dignidade,
favorecer a iniquidade.

Se somos pessoas de caráter
porque muitos insistem em deturpá-lo?
Se escondendo atrás da mentira
convertendo a própria vida
no mais tolo e ledo engano.

Bem aventurado aquele
que pautou a sua vida
nos princípios da integridade
fazendo de sua filosofia
o fluxo da dignidade.

Que não se vendeu,
pois o que se vendeu se perdeu
e por mais que tenha ganhado
perdeu o direito de ser humano.

Vale a pena ser honesto!
Ainda que pareça ser o contrario
ainda que pareça ser em vão,

pois deixaremos um legado
algo que nossos filhos irão se orgulhar
faremos deles a continuidade
e tornaremos o mundo melhor!






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...