sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Como eu amo você!


Ah o amor!... 
Como a suave brisa a soprar pelas manhãs
sol matutino que radiante
rompe com a tristeza de uma noite solitária
e o suave perfume das flores
que  emana a vontade viver!...

O amor sou eu,
o amor é você!

O amor é mais que o bem querer
e ter toda a vontade viver
e a alegria de dizer
como eu amo você!

É sonhar que esta vivendo
é viver a sonhar!

O amor é o sonho da vida
a mais linda canção
a minha alma  se faz criança
e tão cheia de esperança
vive feliz a cantar!

Então eu me fiz mais gente
e gritei pra mim mesmo
como é bom te amar!

Você chegou na minha vida
e em silêncio no pensamento
grito forte e bem alto
eu te amo minha querida!

Amar é acreditar no amanhã
ver-nos velhos de mãos dadas
uma só vida na caminhada
e a cada dia renascer
em todos os momentos então dizer

eu te amo minha querida
pois não vivo sem você!




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê não pereça, 
mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

A pedra que Drummond não viu

No meio do caminho

No meio do caminho tinha uma pedra 
tinha uma pedra no meio do caminho 

Nunca me esquecerei desse acontecimento 
na vida de minhas retinas tão fatigadas. 
Nunca me esquecerei que no meio do caminho 
tinha uma pedra 
tinha uma pedra no meio do caminho 
no meio do caminho tinha uma pedra.

                           ***


...Quando Drummond escreveu este poema
vivia-se um outro dilema
não imaginou que existiria uma pedra
a pedra que empedram os olhos
e um olhar tão triste perdido
de um sonho que foi esquecido.

É a pedra que há no caminho do olhar
colocando uma mãe a chorar,
pois vê morrendo aos poucos
num vicio insano tão louco
o vicio da desgraça da pedra
que empedram os olhos do filho.

Queria que não houvesse mais pedras
que enterram sem lápide de pedra
vidas que partem partindo
o sonho de mãe sem o filho
que tropeçou na pedra perdeu-se no trilho.

Meu Deus como eu odeio esta pedra!
Que destrói a vida de tantos jovens
que vagam sem vida e vão,
em vão,
tragando esta pedra.

Na época de Carlos Drummond
só havia uma pedra,
não era esta pedra
que corrói que destrói.

Ajuda-me ó Deus!
Fazer de sua pedra
que é a pedra angular
a relíquia do amor
ela Jesus o Senhor
que despedaça estas pedras.

Somente o seu infinito amor
tão forte teor
o fluxo da vida
o antídoto da pedra
que a tantos destrói
que a alma corrói...


Oh! meu Deus!

Alarga as minha fronteiras!
Tira meu coração desta prisão!
A prisão de não poder levar a mensagem a tantas vidas desgraçadas...


Quantas mães?!
Quantos filhos?!
Quantas palavras em meu coração!...





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O sol há de brilhar!...




Ali véio! O maluco ta querendo pular da ponte!...
 __Nu mano! Vamo lá antes que...
__Hi! Véio!  Ele pulou! O cara já era!...
__Mas porque ele fez isto?
__Sei lá meu! A gente tem que chamar os home...
 __Cê é doido! Eles vão segurar a gente, esqueceu do bagulho!...
__Presta atenção Mané! A gente maloca ele primeiro!
__Aí veio! A mochila dele ficou aqui em cima.
 __Já é!
__Mexe não doidinho! Larga isto aí cara!
__Deixa de ser bundão Zé! Nu véio! É da pura!!!
__É melhor a gente pular fora mano isto ta esquisito!
__Amarela não véio! A gente correu a noite toda atrás, achou só uma merrequinha, e de repente cai de para quedas este tantão de pó do bão e você aí se borrando meu irmão!
__E daí! Eu só fumava um bagulho de vez enquanto, Cê é que ta suicidando até a pedra já peitando, da uma sacada no camarada lá em baixo! Ele ta todo arrebentado, se desgraçou todo...
__Aí! Só porque o otário se ferrou não quer dizer que a gente vai se ferrar como ele, tem um bilhete, pô meu irmão o camarada era poeta meu! Saca só!


FUNDO DO POÇO.

Tai! Gostei do título!
__Me dá este papel aqui! Cê num vale nada cara!...



Fundo do poço.

A vida começava...
Como o sol que nascia
E com ele a vida sorria.
Meus verdes anos
Minha linda garota
A brasa muito quente
Minha juventude ardente
Expressiva eloqüente.

Eu me lembro.

Como eu era contente
A turma da esquina
A esquina da vida
Onde a turma se separou
Cada qual foi pro seu lado
Hoje tudo é passado.

Minha doce namorada
Hoje é dona casada
Meu amigo leal
Converteu-se em marginal
Minha mãe sei chora
Esta maconha que eu fumo
O meu pai me pós pra fora
Esta droga que consumo
Eu tentei parar...
Como parar!

Já não quero me dopar
Mas por mais que eu lute
É preciso me drogar!

Esta lagrima que choro
Ninguém me compreende
Sei que sou um viciado
Rotulado delinqüente.
O meu pai terá o alivio
sairei do seu convívio
Minha mãe eu sei que vai chorar
Mas com o tempo esquecerá
E um tanto aliviada
Para sempre sorrirá.
Esta droga desgraçou-me
Já não me importa para onde vou
Eu só sei que tudo se acabou
Quando tudo começou...

__É pelo visto este cara foi um fraco.
__Em vez de julgá-lo nós temos que aprender a lição com ele.
__Que isto doido! Cê jogou todo o pó La em baixo em cima do cadáver! É brincadeira, eu não to acreditando nisto...
__Ainda tem um papelote no seu bolso esqueceu? Só que eu to fora brother!  Este camarada já teve a minha idade, e eu tenho uma gata que amo muito, e não quero vê-La casada com outro, você disse que ele foi um fraco, tudo bem eu concordo! Mas até quando nós seremos fortes?!
Por acaso já foi nestes hospitais psiquiátricos para ver a maior causa das internações? Já viu como ficam as cadeias, a situação miserável na qual vivem os detentos, e a maioria deles começou apenas de um trago de maconha...

OLHA!

Se você ta afim vai fundo! Mas aproveita e pula logo atrás deste camarada, não espere ter que sofrer tanto para fazê-lo mais tarde, isto é! Se não acabarem contigo antes, você sabe que a vida de quem usa droga não vale um cigarro de maconha, por causa de um simples bagulho muito nego já foi queimado...

__Ei! Espera aí cara! Aonde você ta indo?!
__Eu vou procurar um caminho diferente, tem um chegado meu que era o maior traficante, mas ele se converteu e...
__Mas á esta hora? Ele deve ta dormindo!...
__Não!...  Eu agora estou indo encontrar Jesus Cristo para untos vermos o sol nascer!...

O sol há de brilhar!...

  

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

A lagarta & a borboleta

Cansada de devorar a pétala de uma flor e abatida com sua grotesca e bizarra aparência uma lagarta para por um instante a contemplar uma linda borboleta que flutuava no céu tão azul.

Por um instante ela sonha em voar, mas um pensamento negativo a faz retroceder e ela pensa contigo.

__Bobagens!... Nem mesmo asas eu tenho!

Ela não sabia que o criador tinha um sonho para a sua vida, o sonho de vê-la em uma metamorfose se transformar na mais lindas das borboletas e assim proliferar os mais belos jardins...

O sol que morre nunca foi o mesmo que nasce, existe uma enorme diferença entre a tristeza melancólica do por de um sol, e o radiante e alvissareiro fulgor que resplandece deslumbrante a cada manhã.

Se podemos nascer com o sorriso dos que sonham, porque então morrer com a tristeza dos que perderam as esperanças!...

Mesmo que um sonho não se realize, é preferível fechar nossas pálpebras para sempre tendo a esperança de que um dia eles se realizariam, e eles se realizarão em nossos corações a despeito da realidade que o mundo nos impetra.

Feliz foi Borba gato que a vida toda sonhou com lindos diamantes, e ao morrer acreditou que os havia encontrado.

Ele teve uma razão a mais pra viver!

Ele teve um prazer a mais na sua morte.















Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Um universo dentro de nós mesmos.



Somos espíritos cujas almas enclausuradas dentro de corpos que correspondem os seus anseios...

Eu não vejo no autismo algo tão assustador, é pena que este magnífico mundo se restrinja ao que nele vive, e neste, não haja mecanismos biológicos para externar-se com a mesma facilidade com a qual o fazemos...
Na verdade todos nos somos um universo dentro de nós mesmo que se expressa até mesmo por um simples olhar!...

Bem aventurado aquele que compreende tamanha virtude!...

O mal maior está em tornar nosso universo uma barreira egocêntrica e obstinada.

Pobre e miserável todo aquele que se fecha em si mesmo tendo a capacidade de derramar aquilo que retém para si.

Entre grandes ou pequenos sempre achamos que somos a maioria e por ironia ao depararmos com as nossas limitações percebemos o quanto poderíamos ser muito mais do que o somos.

Há uma canção especifica para cada um e em cada coração manifesta-se um sentimento oriundo de nossas experiências.

Talvez o que eu expresso não dê o devido entendimento ao que lê, mas se este estiver em sintonia com os meus sentimentos obviamente tudo isto lhe será alvissareiro.

Talvez seja por isto que a musica erudita me atrai tanto ainda que em não tenha a ciência de sua complexidade, na verdade a canção é como os gestos que demonstram nossas intenções.

Existe uma canção própria para cada um de nós ouvirmos, ela e a ressonância desta mesma alma enclausurada em nossos corpos que amiúde envelhece enquanto adquire experiência para compartilhar com muitos que não estão tão interessados em ouvi-las.





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê não pereça,
 mas tenha a vida eterna
. -João, 3:16-

Quando ouvia Good times! ..

“Solidão é quando você tem que rir cantar e falar sozinho para esquecer o som de sua própria voz.” Lembro-me desta frase que tinha...