segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Entre Deus e um Lamborghini.



O artista faz o show deixa lembranças.
O escritor escreve o livro deixa a sua historia.
O poeta expurga o seu poema deixa a emoção.
O pintor pinta a tela deixa sua arte.
O cristão semeia o amor deixa seus frutos...

As lembranças se apagam.
Os livros ficam obsoletos.
As poesias são volúveis ou voláteis.
Os quadros escasseiam-se.
A semente vivifica e eterniza em seus frutos.



Infelizmente a apostasia chegou a tal ponto que a maioria dos homens acabam preterindo a Deus para viverem proscritos totalmente descaracterizados.

...E se cada estrela desaparecesse do firmamento a medida que este mesmo homem magoasse a Deus, não haveria mais estrelas para se contemplar.

Deus?!

Ele é toda consistência, mas que em nada consiste, pelo menos na limitada consistência daqueles que nele não creem...

O meu maior temor e minha alma se angustia só em pensar, é eu presumir ser algo além daquilo que Deus me fez e por esta causa ensoberbecer, existe uma sepultura a me esperar, e querendo ou não eu vou de encontro a ela, a menos que Jesus Cristo venha antes disto.

Jamais confiarei em mim, a minha confiança está em Deus assim como também a minha força fé e sabedoria o que me enche de esperança.

Quando vejo pregadores, ministros de louvores e tantos outros que se valem do evangelho para se vangloriarem eu faço uma alusão a historia de Herodes, do que lhe aconteceu quando o mesmo tomou para si a gloria que não lhe era devida (At. 12: 21 – 23)

O incrível é que este episódio aconteceu, mas a vida continuou e na minha analogia vejo tantos que caíram, mas a vida continuou...

A palavra de Deus jamais deixou de ser ministrada, pois naquela época a palavra prosseguiu expandindo segundo testificou-se no versículo vinte quatro deste mesmo capitulo.

Hoje não vemos pessoas caídas sobre o altar com bichos a comerem a sua carne, mas com certeza, no âmbito espiritual existem vários corações putrefatos fétidos cheios de bichos a carcomê-los.

Esta é a razão pela qual eu suplico a Deus que tire a minha vida,
agora se preciso for, mas que eu jamais me torne infiel a ele.

Do que adianta andar de Lamborghini...

Sei lá que carro é este! 
Deve ser caro pra caramba! Pois um determinado pastor de certa igreja de forma agressiva induzia as pessoas a deixarem tudo o que tinham no altar da sua igreja, disse que Deus os recompensariam com este tal de Lamborghini, mas o que maltratou o coração foi a sua agressividade, lembro-me de ouvi-lo arrogantemente vociferar!

__Vende esta porcaria deste carro velho e coloca no altar da igreja se Deus não te dará um Lamborghini!

No meu caso prefiro a morte a ver-me dando conferencias e mais conferencias, cobrando exorbitantes cachês  ao fazê-lo, mas no entanto estando com o meu coração o apodrecido.

Isto é algo subjetivo, existem aqueles que são pessoas integras, porém isto tem sido como encontrar agulha num palheiro...

Mas voltando a minha analogia, assim como a palavra continuou a ser pregada depois que Herodes morreu, não parou como também já foi dito antes na época da inquisição, iluminismo, passarão os céus e a terra, mas ela subsistirá para todo sempre, (Mc.  13: 31).

Aquele que está de pé cuida para que não caia (I Co. 10: 12) e o que aproveita o ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? (MT. 16: 26).




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O terror do socialismo.

SOCIALISMO O mais desumano regime que se esconde por de traz de uma pseudo igualdade. Quando na verdade, traz intrínse...