segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Para que todos os povos o adorem II



A razão de tudo que se relaciona as sagradas escrituras se resume em um único propósito, o de ir e de fazer discípulos...
Fora disto, tudo é efêmero, volátil, volúvel...

Todos nós fomos criados para um proposito, e todo o que precisamos é entender na integra qual é este propósito, mas para isto é imprescindível que busquemos incessantemente aquele que nós criou.

Na verdade aprendi que ainda que tenhamos planos e sonhos em nossa vida pessoal, tudo torna-se em vão se não priorizamos a vontade de Deus.

E por mais que se conquiste e superficialmente se sinta realizado, haverá sempre aquele vácuo silencioso em nosso amago, já que a felicidade é efêmera...

Porém descobri que acima de nossos anseios pessoais, ainda que  muitos deles sejam coerentes, existe o grande anseio de Deus que paulatinamente se concretiza, com ou sem o nosso auxilio.

Deus está chamando por seus filhos que ainda se encontram perdidos e decidiu nos transformar em sua voz neste mundo para alcançá-los.

E na grande missão orquestrada por Deus muitos de nós terá o privilegio de se tornar coadjuvante dele tornando-se direta ou indiretamente cooperadores.

E nesta grande e sublime comissão existem os que destemidamente partem para a mais sublime missão, porém  subsidiados pelos que lhes dão recursos para que possam ir, como também existem os que trazem a sublime incumbência de interceder por aqueles que vão e para os que lá estão.

O importante é que um missionário leve a mensagem a todos em sua gloriosa missão, mas é imprescindível que o mesmo discípule pelo menos um capacitando-o para que de forma exponencial  o processo evolua impactando transformando toda a coletividade na qual ele se encontra.


Paradoxalmente nós fazemos parte de uma missão cujo fim nos espera com Deus contemplando-nos entre povos tribos e línguas, paradoxalmente porque podemos estar fora deste grande final, se hoje negligenciarmos esta tão gloriosa missão que um dia Deus iniciou!...










Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O terror do socialismo.

SOCIALISMO O mais desumano regime que se esconde por de traz de uma pseudo igualdade. Quando na verdade, traz intrínse...