quinta-feira, 21 de maio de 2015

Apenas fruto.
















Inebriei-me no cálice da presunção
bêbado me vi imaculado cidadão
o protótipo da perfeição
Meu Deus! ...
Como eu enganei-me com o meu coração!

Com nauseias olhei para o céu
trazendo na boca o mais amargo gosto de fel
pois foi descortinado o meu véu
descobri que também sou um simples humano
como tal estou sujeito ao engano
era cego egocêntrico jactancioso insano
que depois de reconhecer o seu pecado
com vergonha sentiu-se desolado
o orgulho no chão derramado.

Mas por Deus sei que fui perdoado
alegrei-me por Jesus Cristo ter me libertado
e atirei este ópio pro lado
do meu ego me fui destronado
o meu orgulho agora é coisa do passado.

...E eu que julgava a todos e a tudo
perante ao bom Deus fico mudo
hoje eu já não mais me iludo,
sou apenas fruto,
da misericórdia de Deus!




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

terça-feira, 19 de maio de 2015

Salmo contemporâneo









































Ó! Grande e eterno Deus!...
Exaltado para todo sempre
seja o teu Santo nome!

Sempre levarei comigo;
A consciência plena da dádiva
a consciência plena da dívida
a consciência plena da gratidão
a consciência plena de servir ...

E se eu não servir para te servir!
Para que serviria eu?!
Que acima de tudo eu traga comigo
a consciência plena de que se hoje eu vivo.

...É porque as misericórdias do Senhor
são a razão de eu não ser consumido.
-Lamentações, 3: 22 –

*       
Que cada coração compreenda de uma vez por todas,
que não existe oferta mais digna do que a santificação
recompensa maior do que a salvação
virtude mais sublime do que a humildade
força mais potente do que o amor
excelência mais profícua do que a obediência.

Que o sangue de Jesus purifique-nos
no corpo, alma & espírito
e que o seu corpo seja o pão nosso de cada dia
que este pão seja o genuíno evangelho
e este evangelho seja nossa doutrina
que esta doutrina seja transparente
que a nossa transparência seja em temor
que este temor seja  o principio da sabedoria
que esta sabedoria venha do Espírito Santo
tornando-o nosso galardoador
e este galardão seja:
Nossa firme fé, confiança e
esperança de vida eterna eu teu reino.



“Eu te amarei ó SENHOR,
fortaleza minha.
O SENHOR é o meu rochedo,
e o meu lugar forte ,
e o meu libertador ,
o meu Deus a minha fortaleza,
em quem confio o meu escudo
a força da minha salvação
e  o meu alto refugio.”
-Salmos, 18: 01 – 02-



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Malditos traficantes...

Jovens nas esquinas Vejo jovens nas esquinas e a esquina da vida é a esquina da morte onde a esquina do azar anulou toda sort...