domingo, 20 de março de 2016

O clamor de uma nação.








































É com muita tristeza no coração
que vejo a nossa nação
dividir-se e a polarização
antagoniza os cidadãos...


E  esta divisão
põe de um lado os que são
e do outro os que não
convertendo ideologias
em um esteriótipo tão horrível!...

E o meu coração
se angustia ao ver esta questão
tornar-se ambígua e uma razão
em que muitos perdem as suas razões...

Seguem homens obstinados, obcecados,
atirando para tudo enquanto é lado
justificando as suas falhas
em vão tentando ocultá-las
sob as sombras da improbidade
defraudando a verdade
adulterando a idoneidade
convertendo em boato
o que na verdade, 
é um grande peculato.

De um lado os que veem,
mas não querem acreditar!

Do outro lado os que veem
e acreditam e gritam!

E o clamor de uma nação
que ecoa em multidões
que deseja apenas uma coisa,
ver o fim de toda corrupção!...

Ver quem lesou ter que pagar
e a lei firme impetrar
imparcialmente manifestar
irrefutavelmente operar.

Há os que são da esquerda
Há também os de direita,

mas o povo está meio
este povo é o veio
que sabe muito bem o que quer
e não quer ser iludido
por tão poucos convencido
que está tudo tão normal!

Este povo não bobo
não assisti só a Globo
não depende da imprensa
para ter as suas ideias...









Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se um artista cantor ou escritor, julgar-se o dono da razão.

Nós podemos influenciar a mídia sem com tudo sermos influenciados podemos tomar decisões próprias sem com tudo sermos manipula...