terça-feira, 22 de março de 2016

O cristianismo, a democracia e o socialismo...


Ouço gritos,
fora Dilma!
muitos dizem,
prendam Lula!
Este  governo é corrupto
e não há mais que o engula.

Outros inflamam indignados
não vai ter golpe de estado
foi a mídia que induziu
isto tudo está errado.

Vejo o verde e o amarelo
e o povo com bandeiras
e eu acho isto tão belo.

Mas contemplo o vermelho
e eu vejo um grande espelho
e o povo a protestar!

De um lado fora Dilma
do outro lado diz ser golpe
e eu vejo a nação
dividir-se sem união.

Mas o que mais me entristece
ver cristão tomar partido
sucumbir-se a ideologias
subservientes a filosofias.

Eles ficaram bem aquém
quando Cristo sempre foi além
sei que Cristo foi alguém
que implantou seu próprio reino.

...Hoje vivo neste mundo
dou a Cesar o que é de Cesar
mas sou de Deus e dou a Deus
que governa o meu mundo.

O seu reino não deste mundo
mas neste mundo eu me faço
eu não vivo alienado
não precisa de eu ficar calado.

Sou cidadão tenho direitos
quero valer os meus conceitos
promulgar os meus preceitos
meus princípios são cristãos.

Eu não vou execrar Dilma
nem tão pouco abarca-la
nesta terra sou Jesus
quero resplandecer toda a luz
que emana do seu reino.

Sei que devo ser um bom cidadão
mas acima de tudo sou cristão
embaixador aqui na terra.

Há uma polarização absurda que inflama ainda mais esta crise institucional e o que me intriga e ver a obstinação de muitos cristãos, inclusive de formadores de ideia que favorecem seus próprios interesses de forma humanista e egocêntrica.

É obvio que devemos nos posicionar já que somos cidadãos, mas jamais devemos esquecer que somos oriundos de um povo que conviveu com os mais bárbaros imperadores, homens como Marco Aurélio, Nero, Galério e tantos outros déspotas que matizavam a santa igreja na sua prole.

Nossos reformadores não enfileiravam trincheiras com ideias partidárias de esquerda ou de direita, e ainda que assim alguns o fizessem, promulgaram de forma superlativa os conceitos cristocêntricos salvaguardando acima de tudo a doutrina cristã.

Como cristão jamais devemos compactuar com sistemas que favorecem o aborto, a erotização precoce em nossas salas de aulas, a ideologia de gêneros, invasões de terras e seguem tantas outras disparidades...

Sem contar a corrupção endêmica que se instalou que recrudesceu de forma abissal!

Devemos sim, fazer valer nossos direitos como cidadãos, pois elegemos e fazemos parte de toda esta estrutura constituída, mas jamais devemos de limitar nossos conceitos a efêmera e frágil filosofia humana.

Nosso reino não é deste mundo, e neste mundo, neste exato momento, cristãos estão sendo martirizados por regimes extremamente despóticos sejam eles religiosos ou políticos...



Disse Jesus: 
"O meu Reino não é deste mundo. Se fosse, os meus servos lutariam para impedir que os judeus me prendessem. Mas agora o meu Reino não é daqui".
João, 18: 36




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você se lembrar de mim. [Ao ouvir Chris Thompson ]

A importância de saber lidar com sentimentos subjetivos é imprescindível para que tenhamos equilíbrio. Às vezes o passado torna-se...