sexta-feira, 18 de março de 2016

Um sonho de liberdade!... [Os caras pintadas]

Ó querida pátria amada,
pelos gringos deseja,
levam todo seu tesouro,
não nos deixam quase nada.

Uma terra inexistente,
a não ser pra certa gente,
que desvia seu tesouro,
pra gastar no mundo todo.

E a nação vai firme e forte,
muito roubo, muita morte,
muito jogo, pouca sorte,
muita história pra contar.

Sequestraram o bacana,
 lhe tiraram tanta grana,
que não dá nem pra contar.

E o político bem relacionado,
que de contratos bem firmados,
entra grana aos bons bocados.

Desce preso o Zé banana,
vai passar a noite em cana,
só por que se rebelou,
com o salário que ganhou.

Tantos vales e desconto,
não aguentou e ficou tonto,
e ao caixa, esmurrou.

Brasil, ficou hostil,
de política infame, vil,
mas eu sempre ei de gritar,
eu te amo, meu brasil!


Meu primo e amigo enviou-me este poema escrito há mais de 30 anos, e eu já nem me lembrava mais dele, tudo que posso dizer é nossa geração era cheia de ideologias e fazíamos planos...
Hoje, vejo que parece ser cíclico, mas digo, não ao meu primo Marcelino!
E sim aos seus filhos, jamais deixem de sonhar e por este sonho lutar, pois já vivemos épocas piores, e ainda que muitos tenham se perdido no caminho...
Sempre haverá o sonho de liberdade!...






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chorar faz bem ao coração.

Chorar não faz bem para a saúde quando o faz amiúde as lágrimas são tal como um açude e a alma então se inunde. Quando a vid...