Pular para o conteúdo principal

Como dizia Tiradentes.

Infelizmente existem tantos falando o que pensam pensando estarem certos, mas os resultados de suas ponderações não coadunam com aquilo que eles dizem.
O pior é quando vemos pessoas publicas que por causa de sua influencia se valem de tal prerrogativa para arvorar a sua bandeira baseados em princípios deturpados e egocêntricos.
Isto faz com que uma celeuma de ideias macule a hegemonia de uma sociedade e com isto a consciência coletiva desta mesma sociedade adote uma filosofia de vida que não contribui para que a harmonia possa prevalecer.
Vivemos em tempos tão modernos um retrocesso no campo da filosofia em que uma pajelança mística em que as ideias digladiam entre si e cada qual quer ser um cacique a ditar as suas normas e felizes são aqueles que sobressaem e atraem para si seguidores incautos e subservientes.
Não há um paradigma que seja plausível e confiável já que neste mosaico de ideias existem várias verdades que independem umas das outras e nós!
Estamos cada vez mais perdendo a verdadeira identidade do que significa humanidade.
O pragmatismo humanista leva-nos a um terrível egocentrismo aonde nossos próprios interesses atropelam aos interesses de outrem e não importa o meio que por nós seja usado mas importa que que os fins justificam estes meios.
E em meio a esta serie de discrepâncias nossos filhos crescem achando que o mundo gira em torno de si mesmo e com isto agridem assoreando os mancipais da educação, seja nos lares ou mesmo nas escolas.

E o faz quando não respeitam os seus pais que infelizmente se tornaram apenas figuras ilustrativas e existem somente para satisfazerem os seus caprichos, e ou ao agredirem aos seus mestres nas escolas que por sua vez também não passam de peças decorativas.

Devemos culpa-los?

Antes de fazê-lo devemos reorientarmos de uma forma mais austera e idônea  ao em vez de fazermos passeatas para que a violência tenha fim para que a corrupção seja extirpada.

Como dizia Tiradentes:
“Se quisermos, faremos juntos deste país uma grande Nação”.



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ansiedade.

Ansiedade é antecipar fatos que ainda não aconteceram, é a premonição hipoteca de algo virtual que habita apenas no campo da imaginação, e por esta causa faz com que o sofrimento seja por antecipação.
Ela deixa de ser benéfica quando a desesperadamente esperamos algo de bom, já que acaba gerando a angustia que culmina no mais terrível conflito de alma.
Pior ainda é quando o tormento de algo que nem aconteceu nos assombra nos deixando sofrer de forma tão precoce como se tudo estive se passando em tempo real, quando poderíamos nos antecipar a tão supostos sofrimentos pedindo a Deus força para lutar contra os mesmos, ou resignação para suporta-los caso os mesmo venham se evidenciar.
Por isto a ansiedade nunca foi benéfica para ninguém e quantas vezes os efeitos psicossomáticos redundam em terríveis malefícios sejam orgânicos ou não.
Porque é tão difícil assim confiar em Deus, porque que na angustia nós bloqueamos  o sentimento de lucidez ignorando que Deus tem o final da nossa historia em su…

Mulher tu és especial!

És tão sublime e trazes essência que te torna especial!
A mais bela entre as flores que exala o perfume do amor e o amor para a vida.
A razão para viver Mulher! Que faz bater forte um coração que suspira enquanto sonha e sonha enquanto pulsa e no eu pulsar solidão expulsa.
És de Deus a criação mais bela sim! Mulher tu és especial! Um sonho tão bom! Que faz bem ao coração pois Deus depois que tudo fez!... Quis fazer ainda melhor!
...E foi assim que você nasceu!

Trazendo suave fragrância da mais sublime essência, és tu ó mulher! De Deus a excelência
De deslumbrante beleza sensível como uma flor tão doce como mel na terra uma parte do céu!...

Sonhe! Obstinadamente sonhe ...

Lembranças alegres são como lindas flores que murcharam em nossos jardins enquanto as lembranças tristes são como pás que desenterram sepulturas fétidas que chafurdam no recôndito de nossas almas.
A vida é como um rio que segue lentamente o seu curso e o que passou jamais voltará e o tempo que já vivemos serão apenas lembranças tristes ou alegres, e ainda que sejam alegres vem com a nostálgica influencia das tristezas por não podermos mais vivenciar algo que ficou no passado.
Viver é a coisa mais sublime que existe, e ainda que estejamos tristes, devemos colocar o prazer supremo de viver acima de nossas momentâneas tribulações, pois a vida passa e só restaram lembranças que nunca é bom relembrá-las...
Viva intensamente para que não haja tempo de voltar ao passado ainda que este passado um dia tenha lhe propiciado algo de bom.
Sonhe! Obstinadamente sonhe como um futuro que te traga felicidade, mesmo que pareça ser apenas uma utopia, sonhe com a alegria, ainda que pareça viver no mundo da f…