quarta-feira, 27 de abril de 2016

Eu te amo I Love You.

Importamos tantas coisas
que vieram dos Estados Unidos,
frases, filmes e canções...
dizer que eu te amo I Love You
já causou tantas emoções!...

Hollywood com os seus besrt sellers
os cinemas sempre lotados
filmes de guerras ou romances
e os casais de namorados

assistindo no silêncio
vez ou outra beijos estralavam
não entendiam as palavras
mesmo assim não importavam



no roda pé da tela a tradução
e os perfumes importados
famosas grifes até carros
sempre foram os mais desejados

o comercio tornou-se inglês
Shopping Center in bulevar
onde a gente vai as compras
tão alegre a passear

Mas em meio a tanta importância
talvez pouco importamos
e vivemos a revelia
e tão pouco preocupamos.

Muitos artistas tonaram-se heróis
heróis norte americanos
e as vezes com os nossos heróis
muito pouco importamos.

Mas há um que eu reconheço
e nunca foi nenhum artista
tenho por ele todo apreço
foi um grande estadista.

Estamos tão carentes de políticos
em que possamos confiar
as ideias deste homem
como eu queria importar

Abraham Lincoln
foi um vulto do passado
que deu nova vida a América
o seu nome ficou consagrado

já que importamos tanta gente
todo tipo de cultura norte americana
porque não as ideias de  Abraham Lincoln
isto sim, seria tão bacana!

Óh! Wonderfu may God!




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se um artista cantor ou escritor, julgar-se o dono da razão.

Nós podemos influenciar a mídia sem com tudo sermos influenciados podemos tomar decisões próprias sem com tudo sermos manipula...