sábado, 30 de julho de 2016

Deus sempre esteve ao meu lado!...








































Eu o busquei soluções da forma que normalmente as pessoas não o fazem!...
Fui clamar pelo nome dEle em lugares solitários que normalmente as pessoas não vão!...

Fui extremamente agressivo em minhas atitudes ao demonstrar confiança nEle,
como normalmente as pessoas não o são...

Jamais procurei uma cúpula correligionária...
Jamais busquei alianças corporativistas...
E por esta causa paguei por um doloroso preço de renuncia...

Mas se eu não conseguir depois de tantas de desilusões, frustrações!...
Mesmo assim terá valido a pena!
Pois dEle tornei-me mais próximo,
ainda que tão falho!...




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que nele crê não pereça, 
mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Sagradas escrituras .

Palavras que falam
em silencio revelam
e me dão equilíbrio
norteando a minha vida
trazendo-me a idoneidade
expondo-me a verdade
me fazendo ser gente
pautando os meus ideais.

Quantas vidas viveram
homens mortos renasceram
reverberaram o espírito
aplacaram o conflito
tão somente por que creram.

São apenas palavras
que em silêncio me falam
e desvendam o segredo
tão maior do que eu mesmo.

Somos tão pequenos tão frágeis
e a vida é tão ínfima,
mas através da palavra
minha vida transcende
a chama eterna me ascende
e me conduz
pela paz.

Esta paz que a gente
só percebe só sente
quando ignora o ego
pra deixar de ser cego
e com os olhos da alma
deslumbrar o que é ser.

Ela não precisa provar
que é a palavra verdadeira
pois ela é o que é!

E ainda que queiram
tão em vão dirimi-la,

ela é sempiterna
tão paradoxal
a essência da vida
o inicio,
o meio,
e o fim.

Ela e feita pra mim
ignora o incrédulo
é a palavra de Deus.

As sagradas escrituras
e maior do que a criatura
tão efêmera e estúpida
que faz do seu exíguo espaço
perecível compasso
que perdeu-se no espaço

e seu ego irrisório
tão medíocre para Deus
nada mais é do que pó
uma coisa que fala
dentro de outra coisa que morre.

Ela confunde todo aquele
o que se julga tão sábio
mas enaltece o humilde
tira o homem da escuridão
simplesmente é a luz
e a voz que conduz
para a salvação.



A palavra de Deus é a espada que quando se usa da forma correta inevitavelmente fere ao inimigo, mas quando não se sabe usá-la feri aquele que a usa.

E ainda que muitos dela se beneficiem de forma desonesta fatalmente haverá de pagar pelo erro de tê-la usado maliciosamente e através de sua atitude insana enganando a tanta gente.

Para aquele que se deixa enganar que mesmo estando de posse da palavra estupidamente dela se escusa preferindo da razão a mentes corruptas, estes, ignoram que estão sentenciando a sua própria vida.

Só existem os enganadores por que acima de tudo há os que se deixam enganar só existem os corruptos por que existem aqueles que são corruptíveis, e isto em todas as esferas da sociedade.

Porém todo aquele que faz das sagradas escrituras um manancial de vida e se debruça nela para com ela absorver a essência real do evangelho, este, já mais viverá no engano, e pode até mesmo forjar pessoas dignas de e idôneas.

E concomitantemente neste elo edificante seguiram mestres e discípulos aprendendo e ensinando rumo ao céu.

Eu sempre fui um homem sem pátria e sempre o serei para que nesta terra não se firme os meus pés.

E a espada da lei estará sempre sendo empunhada sobre a minha cabeça pelo meu Rei, seja para me honrar se eu o honrá-lo, ou seja para minha degola se eu o envergonhá-lo.



Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Comunhão com Deus. [Deus é a resposta] final.



Amanhã é outro dia.

Agora ele dorme
estava doente
doença de espírito
sentia-se carente

eu o vi chegar
e chorava baixinho
comprimia o peito
como se tivesse com espinho.

Seus olhos embaçados
de olhar tão desanimado
embotados em lágrimas
vivia triste e tão calado.

Amanhã é outro dia
onde o sol há de brilhar
haverei de estar por perto
só para vê-lo acordar!

Agora ele dorme
já posso vê-lo a sorrir
é tão sereno o seu semblante
sou Jesus por isto estou aqui.




É necessário que o homem se identifique com a razão motivadora que amiúde dá á consciência aos seus anseios para que este não viva alienado, pateticamente destituído.

Existem três razoes que é respaldo aos nossos sonhos, que dão validade ou não ao que se pleiteia por isto a importância de uma análise profunda e sincera.

Em primeira estância nós devemos verificar se há dentro de nossa essência virtudes que é fluxo dando assim a vazão ao que tanto desejamos.

Lembro-me de um antigo corinho infantil que exemplifica de forma mais objetiva esta verdade:

“... Imagine uma vaca voando, passarinho berrando... NÃO DÁ!”

Avaliando este fato de forma menos lúdica prosaica, podemos citar o exemplo de um jovem que sonha em ser jogador de futebol e jogar em um grande time da capital, só que tem um pequeno empecilho que o impossibilita o seu sonho de se realizar. O mesmo é ruim de bola toda vida!...

Em segundo plano devemos certificar de que conceito social pessoas do convívio podem e tem o interesse de apoiar-nos apostando em nossos sonhos como se fossem os deles.

A terceira razão independe de qualquer um destes conceitos acima citado, e torna-se a principal para o sucesso absoluto, porém ao mesmo tempo em que é a mais fácil acaba transformando em obstáculo devido a nossa natureza humana.

O apoio do Espírito Santo de Deus.

Para que ele possa validar nossos sonhos ele requer a nossa total submissão, tornando-nos inadimplentes perante a sua vontade, ele jamais dividiu ou dividirá a sua gloria com outrem (Is. 42: 08).
É obvio que ele mais do que qualquer pessoa quer nos ver vencedor, mas ele sabe que a partir do momento em que deixarmos a soberba invadir nossos corações estaremos propensos as armadilhas do diabo que se vale da nossa falibilidade natural.

Quando evidenciamos nossa autossuficiência nosso egocentrismo fazendo-se forma inconsciente ou até mesmo consciente nós acabamos cometendo o mesmo erro de satanás que desejou tomar o lugar que é de Deus (Is. 14: 13 – 14) e por esta razão induziu a Adão ao mesmo erro cometido por ele, onde em um efeito dominó todo ser humano sem acepção foi decaindo-se. Um á um!

“A soberba precede a ruína, a altivez de espírito a queda. Prov. 16: 18”.

Por isto a necessidade de um sentimento literal de dependência o que torna nossos corações vulneráveis nas mãos daquele que nos criou.  Há que se perguntar!

Mas e os nossos sonhos?   
Não temos o direito de sonhar?!...
Não se trata disto, é evidente que Deus quer que sonhemos, porém ele também tem planos para as nossas vidas, isto fica explícito no livro de Jeremias, 29: 11 – 13, assim como também em Isaías, 55: 08 – 09.

O evangelho de Jesus Cristo escrito por João, no capitulo quinze, versículo dezessete, deixa-nos uma mensagem animadora pois atesta que se estivermos em Cristo Jesus e as suas palavras estiverem em nós tudo que nós pedirmos crendo nós receberemos.


Mas a verdade é que para que se chegue a este ponto é imprescindível que avaliemos todo o contexto do capitulo, pois do contrario estaremos tão isolados quanto isolado está este versículo da realidade do contexto, e com certeza se vivenciarmos o que a bula deste capitulo quinze prescreve, entenderemos que será tudo para glória de Deus, e que estaremos tão ligados a Ele que até esqueceremos das nossas necessidades  para dar maior vazão as prioridades deste mesmo Deus.

Nós temos muitas necessidades, mas Deus tem que ser a nossa prioridade.





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

Comunhão com Deus. [O amor é a condição] parte III




O Seu incomensurável amor

O meu cântico não muda
minha voz não se cala
tenho orgulho em falar
trago Deus em minha fala.

Tenho a glória deste Deus
emanando em minha vida
hoje faço do viver
minha dádiva preferida

e me entrego a Jesus
a ele toda adoração
eu exalto o seu nome
de todo meu coração.

Minha voz o aclamará
sobrepujando até a morte
Ele me deu uma nova vida
seu amor me torna forte.

Aleluias! Ó Rei dos reis!
Em júbilos e brados vou exaltar
Ele é o ar que eu respiro
luz à me iluminar!

Nesta nova vida, DEUS!
Vida em mim jaz em abundância
eu sou vida de Jesus
Ele é minha abonança.

Ei de sempre adorá-lo
com o coração a disparar
eu declaro que o amo
entre lágrimas á chorar!

Arrebataste o meu coração
com o seu incomensurável amor
me tornaste seu escravo
sou escravo por amor!



Amar a Deus é doar tudo o que tem sem desejar nada em troca e ainda sair insatisfeito por ter doado tão pouco.

Amar a Deus é negar-se a si mesmo tomar a cada dia a própria cruz para segui-lo (Mat. 16: 24 – 28)

Quem tem os seus mandamentos e lhes obedece, esse é o que o ama.
Aquele que o ama será amado por seu Pai, e Ele também o amará e se revelará  a ele. (Jo. 14: 21).

Amar a Deus ainda quê!
E não desde quê!...

Pois...

Mesmo não florescendo a figueira e não havendo uvas nas videiras, mesmo falhando a safra de azeitonas e não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral, nem bois nos estábulos, ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação. (Hc. 03: 17 – 18).






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

terça-feira, 26 de julho de 2016

Comunhão com Deus. [A oração o condutor] parte II











Orar é conscientizarmos de nossas vulnerabilidades 
e conscientes das mesmas, 
fortalecermos daquilo que não depende de nossas forças.

A oração nos permite compreender 
que nossos recursos não são soberanos
e que nossa força jamais pode estar focada em nós mesmo.

Ainda que possamos solucionar alguns problemas,
é imprescindível que tenhamos a consciência 
de que o simples dom da vida
se dá pelo fato de que tal dádiva 
nos foi dada a revelia de nosso direito de tê-la.

E Àquele que nos concedeu tal direito
tem o direito de revogá-lo a hora que lhe bem convir.

Por isto.

Antes de acreditar que possuímos algo,
devemos apenas contentar com o ar que respiramos
por mais que muito mais coisas desejamos.

Somos apenas aquilo que Deus permite que o sejamos.





É preferível cinco minutos em um genuíno sincero e humilde dialogo com Deus do que cinco lancinantes horas em um falso e mesquinho monologo.

E aquele que abdica de si para viver a vida na dependência de Deus, cinco minutos servem apenas para refletir  em tudo aquilo que foi dito e ouvido amiúde durante todo o decorrer do dia.

A noite vem em paz!...

Fazendo o incomensurável Deus sonhar ao vê que dorme estando ele a zelar!

Jesus Cristo sonha acordado esperando o momento de ver novamente acordar a quem tanto ele vive a amar!




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

A G R A D E C I M E N T O .



Deus.

Obrigado teres escolhido a mim, ainda que eu estivesse morto em meus delitos.

Quando tudo que eu fazia, era buscando apenas os meus próprios desejos egocêntricos.

Quando a cegueira tapava os meus olhos e eu era como um animal irracional a cerca da tua vontade.

Quando sentimentos humanos sempre falavam mais alto do que o sublime sentimento de amor eterno que vem de ti.

Por mim mesmo, jamais conseguiria compreender quão incomensurável é o teu amor que vai além das limitações humanas.

Por mim mesmo, tudo se restringiria aos benefícios materiais as coisas comuns, supérfluas e passageiras, ainda que necessárias algumas delas.

Por mim mesmo, tu se converteria apenas em um instrumento de meus caprichos e de minha tola presunção, e eu que nada entendia da vida natural, viveria morto ao que tange aos mistérios maravilhosos que tu tens para nos revelar.

O teu amor se converteria em um álibi ineficaz que jamais me daria este gozo pleno e inefável que sobrepuja a todo e qualquer interesse humano.

E eu não passaria de um tolo e estupido que em um proselitismo mudou de religião e com ela toda a sua filosofia de vida...

Obrigado Deus, por ter me escolhido dentre tantos que ainda caminham a deriva baseado em suas próprias convicções, e muitas delas até mesmo a respeito de ti.

 Por fim.

Obrigado por me mostrares quem verdadeiramente tu és!

Deus.

E não uma convicção subjetiva.




Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

Lanterna dos afogados.

Quando eu adentro em uma igreja e me prostro diante da presença de Deus est...