terça-feira, 30 de agosto de 2016

Ideologia estéril.

Lá dentro,
o ar condicionado
e tudo favorável.

Vão eleitos
tão amenos
amigáveis,

coniventes
inteligentes
comportáveis.




Tão sensatos
tão sensíveis
admiráveis,

tão afeitos
rarefeitos
tão tratáveis,

tão cordatos
tão corteses
e tão amáveis.

E os que a eles
servem crentes,
tão dementes
tão doentes

energúmenos
alucinados
subservientes
deploráveis,

tão estúpidos
indecifráveis
inimigos
contumazes,

obstinados
iracundos
incapazes,

tão escorias
mas em fim
são maleáveis,

que se odeiam
que se matam
uns aos outros
sei maltratam

tudo em troca
de uma ideologia
que seu sei só dá alegria

aos que enganam
aos que roubam
aos miseráveis...






E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
João, 8: 32

sábado, 27 de agosto de 2016

Como dizia Winston Churchill,

Na casa de mãe Joana
Só tem gente bacana
Se vestem assim tão bem
Mas só nos da banana.

Parecem energúmenos
Falando sem cessar
Falam e ninguém intende
Falando até babar!

Um fala mal do outro
O outro fala mal do um
Mas se procurar honesto
Não há quase nenhum.

E vou falar uma coisa
Que está atravessado
Pois com esta corja toda
Eu ando engasgado

Também a culpa é minha
Por não saber votar
Votei em gente errada
Para nos governar

E agora estou aqui
Um tolo a escrever
E eles não tão nem aí
Pra eu ou pra você.

Quem sabe a gente entende
Esta dolorosa lição
E aprenda a votar
Na próxima eleição...


Eu não sei se estávamos prontos para a democracia, mas como dizia Winston Churchill.

 "A democracia é o pior dos regimes políticos, mas não há nenhum sistema melhor que ela."

Vivemos décadas, submerso a um regime despótico, e de repente vimos as portas escancaradas para uma nação despreparada uma sociedade inabilitada...

Minha esperança já não está mais em mim ou naqueles que me são contemporâneos, minha esperança está nas próximas gerações... 

Que eles venham trazendo mais idoneidade e minha oração é que não sejamos mais tão ludibriados por falácias de demagogos, fisiologistas...

E são tantos!... 

Falam em nome de suas filosofias, ideologias, em nome até mesmo de suas religiões...

Mas falam apenas interessados em si mesmos, esquecendo que são apenas cidadãos que fazem parte de uma nação, que com fé em Deus!...

Encontrará o seu caminho, pois eu trago a utopia de que veremos verdadeiros estadistas cuja índole é irrepreensível ilibada e fará deste país uma nação do tamanho dela.








Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Como dizia Voltaire.



























Se eu acreditar que um veiculo de comunicação, por maior que o seja, interfere na minha filosofia de vida é melhor voltar para uma caverna, e se todos pensassem igual a mim, seriamos uma serie de  autômatos.

Eu é quem decido até aonde vai esta influencia, até aonde ela me é nutritiva e edificante, e colho o que de melhor ela pode me propiciar para então elaborar a minha tese para aqueles que dela forem simpatizantes, a assimilem ou mesmo a repudiem.

O que não posso, não devo, e não quero jamais, é induzir as pessoas que sucumbam as minhas ideias por mais salutares que acredito que estas o sejam.

A única coisa que induziria as pessoas é ao conceito de liberdade aliada a idoneidade, e que esta liberdade se torne o arbitro que rege a sua própria vida.

Somos seres livres e esta liberdade nos foi homologada por Deus, e este Deus ainda que nos tenha dado tal liberdade, mediante a exuberância inefável de sua sabedoria, estabelece o seu paradigma testificado nas sagradas escrituras.

A uns, obsoleto, ambíguo, a outros lendário, utópico, porém a todos uma opção de vida, que, ou dele nos aproxima ou dele nos distancia.

Como disse Voltaire:

“Posso não concordar com uma só palavra sua, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-la.”








Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

domingo, 21 de agosto de 2016

Nos princípios da integridade

Não sei se é a mentira,
que tem perna curta!

Ou se é a verdade,
que tem os braços cumpridos.

Se é o engano que é fugaz,
ou se a certeza que é perene.

Também não sei o porquê,
do homem trazer em si
a facilidade para enganar-se
achando que engana aos outros.

Porque a verdade e tão difícil?
Se ela é mais coerente!
Preterir a dignidade,
favorecer a iniquidade.

Se somos pessoas de caráter
porque muitos insistem em deturpá-lo?
Se escondendo atrás da mentira
convertendo a própria vida
no mais tolo e ledo engano.

Bem aventurado aquele
que pautou a sua vida
nos princípios da integridade
fazendo de sua filosofia
o fluxo da dignidade.

Que não se vendeu,
pois o que se vendeu se perdeu
e por mais que tenha ganhado
perdeu o direito de ser humano.

Vale a pena ser honesto!
Ainda que pareça ser o contrario
ainda que pareça ser em vão,

pois deixaremos um legado
algo que nossos filhos irão se orgulhar
faremos deles a continuidade
e tornaremos o mundo melhor!






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. -João, 3:16-

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Nos olhos triste de uma criança.





























 Existe um clamor silencioso
em corações aflitos
que perderam o brilho da esperança
e já não acreditam mais no amanhã.

Existe uma indiferença vergonhosa
no egoísmo de seres
que se dizem humanos
que olham apenas
para seus próprios interesses
enquanto vidas e mais vidas perecem
sob os escombros da ignomínia
que envergonha a humanidade.

E no aconchego de nossos leitos
nós nos damos ao direito
mais infelizmente este direito
jamais deveria ser deste jeito.

Crianças que morrem a míngua
mulheres que secaram as lágrimas
homens que perderam a sua honra
famílias sem dignidade...

E nos olhos triste de uma criança
de olhar tão desiludido
tão nova e sem esperança.
Esperança que lhe tiramos
quando negamos ajuda
quando negamos nosso amor
deixando-a nos escombro da dor!

*****

Quando eu ouço a canção de Louis Armstrong “What a Wonderful World" a minha alma se abate  profundamente ao ver um paradoxo tão grande, como posso eu acreditar que este mundo é maravilhoso se abro as paginas dos jornais, se ligo o radio ou a televisão tenho a mas lúgubre sensação de que nada é tão maravilhoso assim.

Se lá fora a violência a fome assola exalando o ódio e o rancor e em nome de Deus se morre e se mata, enquanto aqui vivemos pura e tola ilusão na mais volátil sensação festejamos e a nação, comemora Alucinada e embriagada.

Esquecendo os nossos marginais de cada dia, a falta de saúde o desemprego...

Eu acho que eu vou ouvir de novo Louis Armstrong, talvez o mundo volte a ser maravilhoso como na época em que ele vivia...





Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna.
 -João, 3:16-

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Violência.














A bala que matou John Lennon
também matou John Kenedy
e a Luther King
feriu ao Papa, feriu a mim feriu a ti
também a fé.

E a bomba que abriu-se flor
gerou tristeza também a dor
e com seu ódio feriu o amor.

Gerou o ódio
que tanto destrói
explode em ira
matando a tantos

E o homem que atira e a bala,
abre uma vala
aonde deita
um herói soldado.

E a bomba que explodiu
fumaça negra
no céu surgiu
e tantas vidas
sei consumiu

e o fogo cospe ódio
nos  fere a alma
nos tira a calma
pois amanhã
quem vai viver
para esperar
ter que morrer
pois outras bombas
e outras valas
serão abertas

E a raça humana
esquece Deus
que a criou
e cria o ódio
e a ambição
aonde irmão
mata ao irmão
aonde o orgulho
mata o perdão
e já nem existe
mais coração.






Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, 
 para que todo aquele que nele crê não pereça, 
 mas tenha a vida eterna. 
-João, 3:16-

sábado, 13 de agosto de 2016

Davi e o seu malvado favorito.


O porco e o toucinho.

O porco olhou para o toucinho
e o fuçou com focinho
e mesmo sendo ele um porco
lhe falou bem baixinho.

Conheço o seu cheiro!
Mas de onde ele vem?
Pois sei que o seu cheiro
me cheira a alguém!

Me embrulha o esmago
é um cheiro enjoado
este odor sei tão fétido
me deixa enojado.

Trazendo-me náuseas
até mesmo ao olhar
para este toucinho
quero até vomitar!

Mas olho atento
para este toucinho
de horrível aparência
e fede um pouquinho.

O pior que este porco
não pôde notar
que é parte daquele
que está a desprezar!

E segue o porco
a falar do toucinho
não sabe que ele
é só mais um de seu pedacinho.



Não julgueis para não seres julgado...
Ou seja,

...Antes de eu julgar a qualquer quer pessoa, devo saber que a medida em que eu julgá-la, os outros olharam para os meus defeitos e se a minha vida não for íntegra e eu estiver com enorme defeito sem querer consertá-lo, jamais posso avaliar a pequenos defeitos que os outros possam ter.

É o que disse Jesus Cristo no inicio do capitulo sete do livro escrito por Mateus, mas ao que me consta ele nunca nos proibiu de fazermos julgamentos desde tenhamos idoneidade ao fazê-lo.  (Jo. 7: 24)

Também não me lembro de ele coibir o questionamento a cerca dos ungidos do Senhor!

Outra velha máxima que necessita urgentemente cair por terra, isto é uma espécie de “foro privilegiado” que muitos líderes religiosos abarcaram para si.

Mas jamais devemos nos esquecer de que Davi ao dizer tais palavras, (1Sm 24:6) ele estava poupando a vida de um rei que há muito já havia sido preterido por Deus, e quantos líderes não passam de reis destituídos cujo Deus os vomitou há muito tempo, mas no entanto estão aí destilando suas heresias?

Não são muito diferentes daqueles fariseus que tanto João Batista, como o próprio Jesus Cristo não apenas os julgavam, mas os chamavam de raça de víboras.

Ah! Mas João Batista era João Batista e Jesus era Jesus!

João Batista era um maluco que comia gafanhoto e vestia de pele de animais, e ficava à beira do rio clamando como voz que clama no deserto.

Jesus Cristo era apenas o filho primogênito de Maria, um carpinteiro metido a besta, pelo menos assim pensavam os consagrado líderes da época que o rotulavam de filho de satanás.

Voltando á Davi e o seu malvado favorito!...

Acredito que no salmo dezoito ele fala de forma implícita a respeito de Saul ao abordar sobre perseguição ... (Vs. 47 & 48)

Acontece que tem muitos líderes na atual conjuntura com o rei na barriga, “rei Saul”, pra falar a verdade, jamais foram ungidos a rei, já que todas as vezes quando se referia a este aspecto, relacionava-se a reis, profetas, sacerdotes,  e neste caso o texto especifico restringia-se a reis.

...E como a gente não pode matar estes pseudos ungidos do Senhor!

A gente pode pelo menos questionar suas atitudes e os seus erros...



 Não aceite acusação contra um presbítero, 
se não for apoiada por duas ou três testemunhas.
Os que pecarem deverão ser repreendidos em público,
 para que os demais também temam.
 1Tim 5:19-20


Rede Globo, cura gay, transgêneros e outros...

Tudo agora vai mudar com a ajuda desta lei foi o juiz quem liberou esta tal de cura gay! Se você conhece alguém que não sabe ...